Economia

Exército compra mais mísseis urbanos da sueca Saab

O Exército comprou mais uma remessa dos mísseis portáteis de “baixa altitude”, ou seja, podem ser lançados de áreas urbanas. A nova encomenda continua com a Saab Dynamics AB, da Suécia, fornecedora do Mísseis RBS-70 MK2. Desde 2014, a Saab entrega essa família de mísseis para o Brasil. Eles são operados por sistemas de guias por feixes de laser.

O RBS-70 é empregado em sistema de defesa aérea de curta distância. Entre suas características, portanto, está a capacidade de interceptação de até 7 km, com capacidade de “cobertura de altitude” de 4.000m.

A nova encomenda, de US$ USD 2,950 milhões, foi tornada pública nesta terça (18/01), pelo Comando Logístico do Exército. Coube à Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) a contratação. Mas, a contratação é de 7 de outubro passado, com prazo de entrega até 30 de setembro de 2024.

As compras brasileiras desses equipamentos, entretanto, ganharam muita importância no primeiro Governo Dilma, que abrigou temporada esportiva internacional. O maior apelo, portanto, foi com a segurança dos estádios em 12 capitais onde foram realizados jogos da Copa do Mundo da Fifa, em 2014.

Parte do Projeto Estratégico do Exército

Esses armamentos integram a “diretriz” de compras que criou o Sistema de Armas de Seção de Míssil Telecomandado que, por sua vez, integra o Projeto Estratégico do Exército – Defesa Antiaérea (PEEDAAe).

A tal “diretriz” saiu do Estado-Maior do Exército, que regulamentou na Portaria Nº 21-EME, de 6 de fevereiro de 2014. Portanto, tratou de “regular as medidas necessárias à aquisição e implantação do Sistema de Armas de Seção de Míssil Baixa Altura Telecomandado (Sist A Seç Msl Bx Altu Tcmdo)”.

Pacote inclui treinamentos de operação

O Governo Dilma, no embalo da Copa de 2014, o encomendou R$ 4.484.858,37 do RBS-70. Esses negócios são pacotes. O comprador, portanto, recebe lança-mísseis portáteis MK (man-portable), simuladores, equipamentos de visão noturna (e especial de visão noturna), ferramentas de manutenção, peças, equipamentos etc. E, claro, além disso, treinamento de operação, instrução de pessoal para manutenção.

O Exército, via CEBW, fez outras aquisições na Saab. Em abril do ano passado, por exemplo, comprometeu US$ 3,009 milhões em RBS-70 MK2, para entrega até 30 de setembro próximo. Entretanto, não há sinais de que o Brasil participará de alguma guerra ou que deslocará tropas para as fronteiras apinhadas desse arsenal.

Exibidos pelo exército russo na fronteira da Ucrânia

Essa categoria de mísseis foi exibida nesta terça (18/01) nas imagens das tropas que o Exército da Rússia estacionou na fronteira com Ucrânia, nos preparativos para mais uma invasão. O RBS 70 chegou ao Brasil em operação “complementar” à aquisição do concorrente russo MANPADS. A arma russa é da KBM Scientific Production Concem, integrante da JSC High Precision Systems Scientific Production Association.

Saab entregará caças Gripen para FAB

No pátio fabricante sueca, o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Carlos de Almeida Baptista Junior (E), o CEO da Saab, Micael Johansson (C), e o comandante da Força Aérea Sueca, major-brigadeiro Carl-Johan Edström (D) – Crédito: Saab

A Saab AB virou figurinha mais popular na área militar, aqui, ao vencer a concorrência para fornecer 36 caças Gripen à Força Aérea Brasileira (FAB). O contrato, com prazo de entrega até 2024, é de US$ 5,4 bilhões (valor histórico).

As primeiras unidades (04 aeronaves), modelo F-39 E Gripen, foram entregues em novembro, na Suécia. Entretanto, ainda serão embarcadas, em navio, para o Brasil. Os caças representam a renovação da frota da FAB.

FAB recebe quatro primeiros caças F-39 Gripen da sueca Saab

Nairo Alméri

Posts Relacionados

Sem Eletrobras, Era Vargas fica pela Petrobras e BNDES

Quando o Governo privatizar a Eletrobras, das grandes empresas setoriais idealizadas e criadas nos Governo…

1 dia atrás

Artigo: Onde há Defensoria Pública, há justiça e cidadania

Fernando Martelleto* O dia 19 de maio foi oficialmente instituído como o Dia Nacional da…

1 dia atrás

AlphaVille continua no prejuízo e vai esfolar seus clientes

Uma das principais grifes de empreendimentos imobiliários de alto padrão país, a holding AlphaVille S.A.…

3 dias atrás

Sunew renova agonia no BNDES; liquidação em pauta

A insustentabilidade da Sunew Filmes Fotovoltaicos Impressos S/A, fábrica de filmes para geração de energia…

3 dias atrás

Viana admite sair da disputa após previsão de 2º turno em Minas

O senador Carlos Viana (PL) colocou a própria candidatura a governador no telhado. Ou colocaram…

4 dias atrás

Ubatuba cobra do turista acesso às praias; pelo ambiente

Prefeitura de Ubatuba (SP) passa a cobrar dos turistas a “taxa de preservação ambiental” (TPA)…

6 dias atrás

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!