FAB ‘moderniza’ caças que vai aposentar em breve

  • por | publicado: 13/12/2019 - 13:28 | atualizado: 16/12/2019 - 19:08

O Comando da Aeronáutica "moderniza" velhos AM-Xs, equipamentos de guerra que não ganharam destaque na aviação militar competitiva - Foto: FAB/Divulgação/Redes Sociais

O Comando da Aeronáutica colocou mais R$ R$ 1.390.138,73 no Contrato 58/2016 com a Embraer S.A. Assim, assegurou à Força Aérea Brasileira (FAB) mais um ano, até 13/10/2020, dos “serviços de natureza continuada pela contratada, relativos às atividades de suporte logístico conjunto de engenharia e de gerenciamento conjunto do programa AM-X”.

O caça-bombardeiro AM-X é resultado de parceria ítalo-brasileira, do final da década de 1980. Em setembro, Brasil e Itália promoveram cerimônias para 30 anos de entrada em operação do A-1, designação dada na FAB.

No Brasil, é fabricado pela Embraer. Porém, nunca foi uma peça de guerra que tivesse despertado interesse do mercado, a exemplo dos Tucanos – exclusivos da Embraer.

Mesmo com o quase absoluto anonimato entre aeronaves de sucesso, a Força Aérea da Itália fez, em setembro, relato de “história de sucesso” para o AM-X, em voos de combate no Afeganistão, Líbia e Kuwait. Contudo, não há resenha especializada, independente, dando vivas para o aparelho.

Em 2021, o primeiro Gripen NG

A FAB possui 53 unidades AM-X (Wikipédia – fonte para esse número – atualização em 7 de dezembro de 2019). Dessas, 43 serão modernizadas para padrão A-1M.

Essa modernização está a cargo da Embraer e da Elbit Systems, de Israel. O cronograma de voos com essa frota sinaliza, porém, aposentadoria total em 2030. Essa desativação, virá, portanto, com o avanço da incorporação dos caças F-39 Saab Gripen NG, da Suécia.

O Brasil fez encomenda para 36 Gripen NG. A preços de setembro de 2019, um custo de US$ 4,05 bilhões (39,3 bilhões de coroas suecas – 2014). O país “planejou” a possibilidade da comprar mais 100. A primeira unidade sueca deverá ser incorporada (entrar no espaço aéreo brasileiro e aterrissar) à FAB em 2021.

Ao todo, excluídos os drones (ou vants – veículos aéreos não tripulados), as Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) possuem 715 aeronaves (aviões e helicópteros), sendo 652 operadas pela FAB.

…Mas a FAB gosta

Mesmo que não seja um produto de exportação, a FAB parece gostar dos AM-Xs.

A incorporação do primeiro A-1, ao Esquadrão Adelphi, na Base Aérea de Santa Cruz (BASC), no Rio, ocorreu em 17/10/1989. Desde 2013, portanto há dezesseis anos, as aeronaves A-1 do Esquadrão passam por um processo de “modernização”. Contudo, sempre houve controvérsia quanto aos benefícios do gasto por longo período.

Em setembro último, em um dos comunicados relativos às comemorações dos 30 anos do A-1, a Aeronáutica deu relevância ao caça em suas operações. “O caça A-1 modernizado é operado por duas Unidades Aéreas na FAB: Esquadrão Poker (1º/10º GAV) e Esquadrão Centauro (3º/10º GAV), ambos sediados na Ala 4, em Santa Maria (RS). As aeronaves são capazes de realizar missões de Ataque, Reconhecimento Aéreo e Apoio Aéreo Aproximado, dentre outras.”

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Elias Estevam

Rola muita grana sem ter controle não é mesmo? Dinheiro público dos impostos dos brasileiros, gasto como se fosse papel. Neste governo vai ser uma festa!!!

Paunoseutoba Tinrabo

Nos últimos 16 anos não teve somente festa, teve copa e olimpíada….. o troféu e medalha foram 13 milhões de desempregados e recessão histórica

GaloDoido

Nada mais evolutivo e bom para seu povo quando um país sedia algo de importância e projeção mundial. Bom para todos e só quem não enxerga tal feito são os golpistas da nação, que encontram um modo sórdido de obter o poder sem eleições e sufrágio universal. Não sou partidário e sim patriota e gostaria que tudo aquilo que minha família tivesse fosse também do alcance da maioria da população, isso sim é colocar Deus e nação a frente de tudo e de todos.
O país continua como o 80 colocado no rangue mundial da corrupção, ou mudou alguma coisa nesses últimos 4 anos ? Somos hoje um país corrupto como tantos outros, com sua indústria destruída e sem emprego, com nosso presidente batendo continência para bandeira americana e pior: somos hoje um país miliciano.

Deustch

Petista adorador de corruptos e ladrões. A desgraça da esquerda nos corruptos governos petistas resultou em perdas de mais de um trilhão de reais. Vocês não tem moral para criticar nenhum governo pois só geraram perdas mandando dinheiro para Cuba, Venezuela e perdoando dívidas de amigos. Tente, embora seja difícil, raciocinar um pouco.

Juliano

Vida nova aos aviões de combate, nem precisam chegar perto da vitima,nossa guerra é contra o tráfico aéreo

Josue Coelho

A corrupção no Brasil, não é novidade,nem é mérito do último governo federal ,o Brasil é e sempre foi um país governado por corruptos e não vai ser em um futuro próximo que isso vai ser resolvido.

Márcio Herminio

Quem não sabe não fala besteira. Quem disse que s FAB irá “aposentar” os A-1? Os F-5E estão aí desde 1975 e vão continuar…
Para quem é leigo no assunto, quando vc moderniza um avião estará dando mais um tempo bem significativo de vida a ele. A FAB não tem dinheiro para rasgar como fazem o judiciário e o legislativo. Os C-95 foram modernizados e vão voar mais um bom tempo.
Consulte a galera de relações públicas da FAB que, com certeza, fundamentará suas matérias.

GaloDoido

Nada mais evolutivo e bom para seu povo quando um país sedia algo de
importância e projeção mundial. Bom para todos e só quem não enxerga
tal feito são os golpistas da nação, que encontram um modo sórdido de
obter o poder sem eleições e sufrágio universal. Não sou partidário e
sim patriota e gostaria que tudo aquilo que minha família tivesse fosse
também do alcance da maioria da população, isso sim é colocar Deus e
nação a frente de tudo e de todos.
O país continua como o 80 colocado
no rangue mundial da corrupção, ou mudou alguma coisa nesses últimos 4
anos ? Somos hoje um país corrupto como tantos outros, com sua
indústria destruída e sem emprego, com nosso presidente batendo
continência para bandeira americana e pior: somos hoje um país
miliciano.

David Escosteguy

Mais um petista que, sem coragem de se assumir petista, se diz “não partidário”. Foi o Pt q exagerou e transformou o Brasil na podridão de corrupção que é. Eita dorzinha de cotovelo hein… Fora que, acreditar nessa matéria baseada em Wikipédia, pelamor né…

GaloDoido

Um sábio filósofo já dizia: “A única forma de não discutir em vão com um imbecil é concordar com tudo que ele diz.” Assim sendo, concordo com você, ok ?

Flávio Capuruço

O “em breve” deve ser daqui a uns 20 anos… Manchete/reportagem incorretas e tendenciosas.

Fairline360

Que tipo de formação militar o senhor tem para opinar se um projeto de modernização é bom ou não para a defesa da Nação?

Essa sua matéria está repleta de erros. Os Gripen citados não vem para substituir os AMX. Os Grifens são caças multipropósito, os AMX são caças bombardeiros que podem voar em baixa altitude. Coisa que os Grifens nao podem fazer tao bem.

Os AMXs tiveram extenso histórico de vitorias na guerras em que lutou, inclusive no Cosovo.

Por favor, deixe as opiniões de defesa para pessoas capacitadas.

Esse artigo é coisa de palpiteiro. Palpiteiro!

Uma matéria dessa escrita por um caixa de mercado tem a mesma validade. Ou seja ZERO.

Você não tem formação alguma em cursos de estado maior pra dar sua opinião sobre a defesa desta Nação.

Gonçalo Jr Campos

Site desinformado e inútil. Só escreveu inverdades e quem escreveu não tem o menor conhecimento da área. Que vergonha. Fechem essa merda, desistam e vão escrever sobre fofocas de artistas porque esse LIXO de matéria não condiz com a realidade. Nem um estagiário faria pior que isso.