Bank of America festeja juros; lucro de US$ 7,8 bi

  • por | publicado: 17/10/2023 - 15:02 | atualizado: 20/10/2023 - 18:03

Bank of American está com US$ 3,6 trilhões em ativos administrados - Crédito: Reprodução da logomarca do BofA

O Bank of America Corporation (BofA) revela, nesta terça (17/10), que fechou balanço de 3T23 coa lucro líquido de US$ 7,8 bilhões. Esse resultado, portanto, 10% acima resultado do mesmo período em 2022.

Em receitas, o banco atingiu US$ 25,2 bilhões, ou seja, 3% maior. Nelas, US$ 14,5 bilhões em receitas líquidas de juros, ouse seja, salto de 4%.

O banco fez a seguinte referência aos resultados das receitas: “impulsionados principalmente pelos benefícios de taxas de juros mais altas e pelo crescimento dos empréstimos”. É o que registra o BofA em comunicado à Securities and Exange Commission (SEC), correspondente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) brasileira.

Os saldos dos depósitos no BofA aumentaram aproximadamente US$ 1 bilhão, no 2T23, para US$ 1,9 trilhão no 3T23. Entretanto, ficaram US$ 87 bilhões, ou 4%, abaixo do resultado do 3T22. As operações de empréstimos, cresceram 1% (US$ 12 bilhões), para US$ 1,0 trilhão, puxadas pelo cartão de crédito.

Gestão de ativos do Bank of American soma US$ 3,6 tri

A carteira de ativos sob gestão (AUM, na sigla em inglês para assets under management), do BofA mostrou saldos de clientes da ordem de US$ 3,6 trilhões. Portanto, aumento de 9% sobre o 3T22. Atribuiu isso às “melhores avaliações de marketing e fluxos líquidos positivos de clientes”. Do 3T22 para o 3T23, o fluxo foi de US$ 44 bilhões. Lucrou US$ 1 bilhão nessas operações.

BofA segue, então, no segundo posto de segundo maior banco maior banco dos EUA, depois do JP Morgan Chase.

MATÉRIA RELACIONADA:

Banco até doa o acionista, nunca os juros

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments