Bolsonaro definirá relicitação da BR-040

  • por | publicado: 14/01/2020 - 12:35

Nova licitação da BR-040, entre Juiz de Fora e Brasília, está mesa do presidente Bolsonaro - Foto: Divulgação/Via 040

A relicitação da BR-040 teve parecer favorável da área técnica do Governo e passou, portanto, a depender de ato político do presidente Jair Bolsonaro. Esse o entendimento, desta terça (14/01), da Concessionária BR-040 S.A. (Via 0-40) e de sua controladora, a Investimentos e Participações em Infraestrutura S.A. (Invepar).

As empresas fizeram comunicado comum, assinado pelo diretor de Relações com Investidores, Ênio Stein Júnior, afirmando que a postura do Governo foi assumida ontem (13/01). Os ministros da Casa Civil e da Infraestrutura divulgaram a Resolução Nº 105, segundo o comunicado.

O trecho da concessão liga Juiz de Fora a Brasília, portanto, passa por Minas Gerais, Goiás e o Distrito Federal. A Invepar alega prejuízos com valores de pedágio.

“… (Os ministros) opinaram favoravelmente e submeteram à deliberação do presidente da República a qualificação do pedido de relicitação da BR-040/DF/Go/MG, apresentado pela Via 040, nos termos do Decreto Federal nº 9.957/2019, no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República – PPI.”, diz trecho a nota da as empresas. O comunicado foi dirigido à B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) e à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A concessão está em vigor desde abril de 2014. Será, portanto, interrompida bem antes dos 30 anos ganhos pela Invepar. A concessionária alega déficit operacional, por isso, decidiu devolver a o direito de exploração ao Governo.

LEIA MAIS SOBRE OS MOTIVOS DA INVEPAR:

ANTT avança para relicitação da BR-040

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments