Bradesco fecha PDV para demitir também 3,5 mil

  • por | publicado: 16/11/2019 - 11:11 | atualizado: 9/12/2019 - 13:21

Bradesco autorizado a seguir com recompra das próprias ações do capital - Foto: Bradesco/Divulgação

O Bradesco, segundo maior banco privado do país, acaba de fechar o seu Programa de Demissão Voluntária (PDV). Com ele, desligará 3.500 pessoas. Isso equivale a 3,5% do seu quadro de pessoal.

O gasto com as dispensas, conforme anunciou, dia (13/11), o presidente do Grupo Bradesco, Octávio de Lazari, será de R$ 2,1 bilhões.

Perguntado sobre o resultado da economia, a troca de pessoas por tecnologia de Inteligência Artificial (AI), Lazari respondeu que ainda não sabia, “mas com certeza ela será boa”.

Esses desligamentos em massa nos maiores estabelecimentos bancários dos país, chegam por conta da chamada “transformação digital“.

Itaú mais que o Bradesco

No começo do mês, o Itaú Unibanco anunciou a demissão de 3.500 funcionários. Os desligamentos serão também dentro de PDV e custarão ao banco R$ 2,4 bilhões.

#Bradesco #PDV #ItaúUnibanco #DispensaFuncionários #Resultados

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
1 2
Views:
3768
Categorias:
Economia

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ales Lop

e as tarifas e taxas bancárias so aumentando.

Flávio Maya

Eles falam que é em razão da questão digital, porém, vão demitir, aos poucos, todos os atuais empregados, e substituí-los por outros, com idade entre 18 a 29 anos,com salário de até 1,5 salário mínimo, e com direitos trabalhistas reduzidos, conforme previsto nas medidas enviadas ao Congresso pelo governo. Eles têm que fazer isso, senão, não aguentam a concorrência…

Adriano Nunes

Putz!!!
Mais 3000 motorista da uber nas ruas!!

Elsoelenemendesdesoza Mendes

Se as empresas demitem as pessoas e envestem em tecnologia elas vão viver de q no futuro,talvez essa a razão da crise mundial um pais q emprega tecnologia é um fracassado pq vai para as empresas pq a máquina não consome igual o serumano não veste, não adoace,nãocalçam,Não usam transporte q duas demitem 7000 funcionários outras empresas estão quebrando só isso empresário burro.

Alexandre Botacim Santos

claro o governo aumentou o trabalho deles agora é 8 horas diaria e pode trabalha no sabado então os que ficarem tão no sal.