Contra coronavírus, em São Paulo, ônibus mais limpos e site

  • por | publicado: 01/02/2020 - 21:08

Na sexta (31/01), autoridades do Ministério da Saúde registravam 13 pessoas suspeitas do novo coronovírus. Hoje, a estatística passou para 16 - Foto: Renata Momoe/ASCOM MS

Empresa de paulista do transporte coletivo de ônibus e o Governo Estadual, de formas distintas, assumiram posições preventivas contra uma provável disseminação do novo coronavírus. A Radial Transporte, concessionária de linhas em Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Poá – Região Metropolitana – implantou um sistema de higienização dos veículos mais específico. A medida foi adotada após a suspeita de “contágio” por coronavírus no Alto Tietê, área onde atua.

Em nota, a Radial informou que montou uma “força tarefa” e que, a partir de quinta (30/01), passou a aplicar “desinfetantes, germicidas e bactericidas” na limpeza dos veículos. Isso, portanto, num esforço voluntário para “proteger a população contra a doença e agentes infecciosos”. Observou, todavia, que a higienização sempre foi um procedimento diário na empresa.

A Radial opera uma frota de mais de 500 veículos. A limpeza dos coletivos é realizada em dois turnos por 25 funcionários.

Mais 3 suspeitas para coronavírus

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo informa que, até sexta (31/01), eram sete pessoas monitoradas com suspeita de coronavírus no Estado: quatro na Capital e três em Paulínia, Americana e Santo André. Mas, neste sábado (01/02), o novo balanço, o Ministério da Saúde atribuiu oito suspeitas em São Paulo.

No país, de sexta para hoje, foram enquadrados mais três casos naquilo que o Ministério da Saúde da “atual definição de caso suspeito para nCoV-2019 (o novo coronavírus), estabelecida pela OMS”. Os sintomas comuns são: febre e problema respiratório entre aqueles estiveram em área de transmissão na China durante a segunda quinzena de janeiro.

Com as novas suspeitas, portanto, agora são 16 casos. A estatística do Governo passou a ser esta: Ceará (1), São Paulo (8), Paraná (1), Santa Catarina (2) e Rio Grande do Sul (4). Em contrapartida, de acordo com o Governo, dez casos foram descartados em Minas Gerais (1), Rio de Janeiro (1), São Paulo (2), Paraná (1), Santa Catarina (2) e Rio Grande do Sul (3).

Por enquanto, o Brasil não registra confirmação da doença.

Governo de SP cria Plano de Risco

Ainda na sexta, o Governo de SP criou um site de orientações para a população e autoridades: “Plano de Risco e Resposta Rápida”.

MATÉRIAS RELACIONADAS

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Neyre Tonhela

“força tarefa” na higienização dos ônibus,mas nós população fazemos a nossa parte?