Copel dispensa 7% do pessoal; empresa vale R$ 16,4 bi

  • por | publicado: 30/12/2020 - 13:59 | atualizado: 31/12/2020 - 17:10

Copel projeta economia de R$ 77 milhões, por conta dessas demissões, a partir de 2022 - Foto: Copel/Divulgação

A estatal Companhia Paranaense de Energia (Copel – uma GTD) encerrou o ciclo do programa de demissão incentivada (PDI) 2020 com adesão de 480 funcionários. O custo total projetado com as indenizações, até setembro de 2021, somarão R$ 61,9 milhões. A Copel informou, na terça (29/12), que o contingente representa uma redução 6,9% do efetivo, de 7.006 funcionários (setembro/20).

No PDI anterior, concluído em 1º de dezembro, a Copel registrou 311 adesões. Com a fase encerrada agora, direcionada ao pessoal do seu call center, dos 375 visados, teve adesão de 169. Com este último grupo, as indenizações somarão R$ 25,5 milhões e ocorrerão entre julho e setembro de 2021.

A Copel fez duas projeções para o retorno dos empenhos financeiros com as demissões. O “potencial” é de R$ 68,1 milhões, a partir do próximo exercício fiscal. Mas, a partir de 2022, com os reflexos dos desligamentos dos funcionários do call center, passa para R$ 77,1 milhões.

Tamanho do mercado consumidor

Fundada em 1954, a Copel abastece ao redor de 4,6 milhões de pontos de consumo, com cobertura de aproximadamente 400 municípios.

O parque de geração da estatal paranaense é formado por 46 usinas – 20 hidrelétricas, 1 UTE e 25 eólicas. De acordo com informações em relatórios, possui quota e opera 1 UHE e tem participação 11 empreendimentos de geração.

Lucro da Copel nos 9M20

Nos 9M20, a Copel apresentou receita de vendas de R$ 12,978 bilhões, 12,4% superior ao 9M19. Mas, o lucro liquido, de R$ 2,786 bilhões, mostrou um salto espetacular de 90%.

O patrimônio líquido da Copel, de R$ 20,329 bilhões, cresceu, então, 15,5% sobre 31 de dezembro de 2019. Em ativo total, R$ 45,029 bilhões, evolução de 17,5% .

No 3T20, a estatal faturou (líquido) R$ 4,329 bilhões. Portanto, 3,6% superior ao 3T19. Mas, o lucro líquido, de R$ 685 milhões, evolução foi de 19,8%.

Ações listadas em três Bolsas

A companhia tem ações do capital social listadas nas Bolsas de Valores B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), Nyse (Nova York) e LatiBex (mercado das companhias latino-americanas na Bolsa de Madri). O seu valor de mercado estimado é de R$ 16,4 bilhões (novembro/2020)

MATÉRIA RELACIONADA:

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.