Coronavírus: Agrishow 2020 descarta riscos em sua feira

Coordenação da Agrishow 2020 descarta riscos de contágio por coronavírus durante a feira, cuja previsão é receber 150 mil pessoas, em cinco dias. Por enquanto, não cogita alteração no calendário - Foto Agrishow 2019/Divulgação

Em resposta à matéria “Agrishow 2020 tem potencial para turbinar coronavírus”, publicada aqui, em 28/02, ), a direção da Agrishow enviou nota descartando tal situação. “… os promotores da maior feira latino-americana do Agronegócio estão em permanente contato com o Ministério da Saúde e outros organismos médicos, solicitando orientações e recomendações que possam monitorar e garantir o máximo de segurança sanitária aos visitantes, expositores, colaboradores, imprensa e outros públicos…”.

Os realizadores tampouco cogitam a hipótese de cancelamento da feira, programada para 27 de abril e 1º de maio. Contudo, não apresentam isso como uma decisão definitiva. “A manutenção ou qualquer alteração que possa ocorrer com relação à realização da Agrishow 2020 será comunicada a todos os públicos interessados, com a devida antecedência, através das ferramentas de eficiente difusão que os promotores da feira disponibilizam”.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Agrishow 2020 tem potencial para turbinar o coronavírus

Brasil amplia diagnóstico para o coronavirus – até segunda, 02/03, 433 casos suspeitos

Até a data da publicação da matéria, o portal oficial da feira não fazia qualquer referência à epidemia. Agora, porém, aparece a janela “Coronavírus; informação importante”. Mas, remete ao link afim do Governo.

Veja, portanto, a íntegra da nota da Coordenação da Agrishow enviada ontem (02/03) ao ALÉM DO FATO:

Em consideração à sua matéria publicada na última sexta-feira, no site “Além do Fato”, sob o título “Agrishow 2020 tem potencial para turbinar o coronavírus”, e em respeito a seus leitores, temos a esclarecer:

  1. Embora estejamos a 57 dias da abertura da Agrishow 2020, os promotores da maior feira latino-americana do Agronegócio estão em permanente contato com o Ministério da Saúde e outros organismos médicos, solicitando orientações e recomendações que possam monitorar e garantir o máximo de segurança sanitária aos visitantes, expositores, colaboradores, imprensa e outros públicos que estarão participando do evento, entre 27 de Abril e 1º de Maio próximo, com relação ao Coronavírus.
  2. Até a data de hoje, apenas dois casos comprovados de pacientes, aparentemente sob controle, adquiram o Coronavírus no Brasil, sendo, portanto, ainda muito precoce considerar que há no País um risco de epidemia desse mal, ora mais restrito a países asiáticos, além de parte da Europa. Importante destacar não acreditarmos que nenhum visitante ou representante de expositores, do Brasil ou Exterior, venha correr o risco em participar da feira, caso verifique qualquer sintoma que possa estar portando o referido vírus.
  3. As próprias autoridades da Saúde brasileiras estão solicitando à população para que não entre em estado de comoção, pois tudo está sendo feito com competência e responsabilidade para que o vírus não se alastre no País. E, até agora, não estão recomendando o cancelamento de eventos que venham reunir grande quantidade de público, como aconteceu nos recém encerrados desfiles de Carnaval, shows, acontecimentos esportivos, feiras e congressos.
  4. A Agrishow 2020, uma feira ao ar livre, com 520 mil metros quadrados de área, recebendo em média 30 mil visitantes/dia não pode ser considerada um evento de grandes aglomerações. Os promotores estão incentivando os visitantes a adquirirem ingressos com antecedência pela internet, para agilizar o acesso ao recinto, evitando a concentração de pessoas na entrada da feira.
  5. Mesmo assim, os promotores colocarão à disposição de todos os frequentadores, insumos necessários para neutralizar a atuação de vírus, bactérias e germes, durante todo o período de sua realização.
  6. A Informa Markets, organizadora da Agrishow 2020, vai inserir no site da feira e, caso necessário, divulgará também através de outros meios, um vídeo contendo informações para que seus frequentadores possam utilizar práticas sanitárias que garantam uma eficaz ação contra contaminantes que eventualmente venham circular pela recinto da feira.
  7. A manutenção ou qualquer alteração que possa ocorrer com relação à realização da Agrishow 2020 será comunicada a todos os públicos interessados, com a devida antecedência, através das ferramentas de eficiente difusão que os promotores da feira disponibilizam. Todos os comunicados e alertas serão feitos em português e inglês (vide em anexo).
  8. A direção da Agrishow 2020 está à disposição do prezado jornalista para outras informações que desejar.

Atenciosamente.

Agrishow 2020”

Entidades donas da Agrishow

A feira Agrishow pertence à Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) e Sociedade Rural Brasileira (SRB).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.