Taurus e Jindal Group adiam conclusão de joint venture

  • por | publicado: 26/11/2019 - 07:27

Taurus faz parceria com a Jindal Group para criar indústria de armas na Índia - Foto: Jindal Steel/Divulgação

A Taurus Armas comunicou ontem (25/11) que firmou novo adendo ao memorando de entendimentos com a Jindal Group, da Índia, prorrogando as negociações para uma joint venture. O novo prazo, portanto, será de 180 dias. As partes projetam a fabricação e comercialização de armas naquele país. As negociações entre a empresa de São Leopoldo (RS) e a Jindal, maior fabricante indiano de aços, foram iniciadas em fevereiro.

O grupo indiano, fundado em 1952, é também um dos dez maiores do mundo na siderurgia.

No comunicado, encaminhado à B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), a Taurus considera que o alongamento das negociações “representa um importante avanço”, pelo fato de que os signatários “concordaram com a divulgação das partes envolvidas neste acordo”. As tratativas se dão dentro programa indiano denominado “Make in India”, base do desenvolvimento da indústria bélica no país.

Taurus projeta globalização

Mas, até a conclusão das negociações, a Jindal participará de licitações das Forças Armadas e de segurança com os produtos Taurus.

A empresa brasileira considera, então, que a conclusão do cordo muito importante na sua estratégia global. E também para o “processo de restruturação, baseado em rentabilidade sustentável, qualidade e melhora dos indicadores financeiros e operacionais”, destacou o diretor Administrativo e Financeiro e de Relações com Investidores da Taurus, Sérgio Castilho Sgrillo Filho.

Sérgio Sgillo sustentou que a tal estratégia se dará, todavia, com “forte investimento no desenvolvimento de novos produtos e tecnologias”.

A Jindal Group, segundo o comunicado, fatura acima de US$ 24 bilhões e tem EBITDA (sigla em inglês para receita antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) de U$ 5 bilhões. Em suas instalações, pelo mundo, nas áreas de energia, aço, minério, óleo, gás e infraestrutura trabalham cerca de 200 mil pessoas. Do quadro de pessoal, mais de um quinto, 45 mil, está na divisão de aço.

Jindal é, também, um dos maiores grupos industriais indianos.

#Taurus #Armas #JindalGroup #Jindal #MakeIndia #JointVenture #IndústriaBélica #Armas

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.