UBS leva Credit Suisse; socorro de R$ 0,5 trilhão

  • por | publicado: 19/03/2023 - 19:00 | atualizado: 23/03/2023 - 15:23

UBS pagou US$ 3,2 bilhões e levou concorrente - Crédito: Reprodução/Logomarca Institucional

O Governo da Suíça, via Banco Nacional da Suíça (o BC suíço), garantiu R$ 568,8 bilhões (US$ 108 bilhões) no estaleiro armado para o Credit Suisse. Essa garantia de suportar a liquidez, portanto, viabilizou o interesse do UBS Group.

O UBS e Credit Suisse são, respectivamente, 1º e 2º maiores bancos da Suíça.
O negócio, anunciado hoje (19/03), em Berna, envolveu US$ 3,2 bilhões por parte do UBS. Portanto, a aquisição consumou uma operação que se desenrolava há três dias, quando o BC suíço anunciou o primeiro socorro, de US$ 54 bilhões.

Resta saber, porém, como o UBS e o Governo local tratarão a enorme carteira de escândalos e corrupção envolvendo o Credit Suisse. Esse angu nas operações financeiras passadas do Credit Suisse mistura até tráfico de cocaína. Na política, que respinga bem na vida política no Brasil.

Veja AQUI informações do portal G1 sobre a operação.

MATÉRIA RELACIONADA:

Credit Suisse e o Brasil da Lava Jato, Moro e Lula

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments