Após crítica de Bolsonaro a ONGs, Leonardo DiCaprio sai em defesa da Amazônia

Ator norte-americano, que tem uma fundação para cuidar da preservação do meio ambiente, saiu em defesa da Amazônia no mesmo dia que Bolsonaro acusou ONGs de estarem por trás de incêndios na floresta. Imagem-Instagram/Reprodução

Ator norte-americano, que tem uma fundação para cuidar da preservação do meio ambiente, saiu em defesa da Amazônia no mesmo dia em que Bolsonaro acusou ONGs de estarem por trás de incêndios na floresta. Imagem-Instagram/Reprodução

O ator norte-americano Leonardo DiCaprio, um ambientalista de carteirinha, saiu ontem em defesa da Amazônia, no mesmo dia em que o presidente Jair Bolsonaro acusou ONGs de estarem por trás de incêndios criminosos na floresta. DiCaprio tem uma fundação, criada em 1998, para atuar em defesa do meio ambiente.

Na sua conta no Instagram, onde tem mais de 33 milhões de seguidores, o ator escreveu: “Aterrorizante pensar que a Amazônia é a maior floresta tropical do planeta, criando 20% do oxigênio da Terra, basicamente os pulmões do mundo, tem pegado fogo e queimado nos últimos 16 dias consecutivamente, literalmente sem cobertura da mídia! Por quê?”, questiona o ator. 

Nova Arca de Noé

DiCaprio tem uma fundação que leva o seu nome para cuidar da preservação do meio ambiente. Em 2017, a fundação fez uma parceria com a Universidade Federal de Viçosa (UFV), que ficou encarregada de mapear corredores ecológicos em todo o planeta, que vão permitir o livre deslocamento de animais, servir para a dispersão de sementes e, consequentemente, aumentar a cobertura vegetal nessas áreas que deverão ser protegidas.

Batizado de a nova Arca de Noé, o trabalho, que teve sua primeira etapa concluída e entregue à fundação Leonardo DiCaprio, tem a ousada meta de assegurar a sobrevivência da terra para daqui a 50 anos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments