Bené confirma delação de caixa dois na 2ª ação penal contra Pimentel

Fernando Pimentel e Bené (no detalhe), reprodução site do PSDB/MG

Durante interrogatório, na segunda de três ações penais contra o ex-governador Fernando Pimentel (PT), o empresário e operador Benedito Rodrigues de Oliveira, Neto, o Bené, confirmou, nesta terça (30), em BH, perante a juíza Luzia Peixôto, delação que fez e na qual acusa o petista da prática de caixa dois. O advogado de Pimentel ouviu tudo. Em seu depoimento de 25 minutos, o ex-governador contestou e negou saber das operações de Bené, que não as autorizou e que ele teria agido por iniciativa própria.

Em contato com a imprensa, o ex-governador disse que nada falaria porque tudo estaria nos autos e “que aguarda decisão da Justiça”. Nos autos, constam ainda, além da delação de Bené e de empresários que repassaram o dinheiro, foram apresentadas notas fiscais e recibos de depósitos na conta do PT mineiro que comprovariam a triangulação de dinheiro e respectivo caixa dois.

Ainda participaram do interrogatório, os diretores do instituto Vox Opinião Pesquisa e projetos Ltda., Marcos Antônio Estellita de Salvo Coimbra (sócio) e Márcio Hiram Guimarães Novaes.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
1 0
Views:
702
Categorias:
Política