Cai a máscara de Zema, acusa Lula sobre adesão do governador a Bolsonaro Cai a máscara de Zema, acusa Lula sobre adesão do governador a Bolsonaro

Cai a máscara de Zema, acusa Lula sobre adesão do governador a Bolsonaro

  • por | publicado: 21/10/2022 - 18:48 | atualizado: 31/10/2022 - 13:15

Marina Silva, Lula e Simone Tebet em Teófilo Otoni, foto site Lula

Em Teófilo Otoni (Vale do Mucuri), o ex-presidente Lula (PT) criticou o governador reeleito Romeu Zema ( Novo) ao comparar sua atuação atual com a do primeiro turno. “O governador, durante a campanha dele (1º turno), fingia que não tinha candidato [à presidência] porque sabia que 40% dos meus eleitores votavam nele. Agora que ganhou, caiu a máscara”, apontou Lula.

No primeiro turno, Zema ficou em cima do muro e recebeu votos, a maior parte, dos eleitores de Lula. O petista afirmou que o governador reeleito teria ficado “sem falar o nome de Bolsonaro” porque sabia que os eleitos dele votariam nele. Após reiterar durante o 1º turno que apoiaria Felipe D’Avila (Novo) por “fidelidade partidária”, Zema aderiu à candidatura do presidente Jair Bolsonaro (PL) um dia após ser reeleito.

Ele é bolsonarista

De acordo com Lula, depois da reeleição, “caiu a máscara” de Zema. “Ele é bolsonarista e agora está assumindo. Ele vai vir aqui nesta semana com Bolsonaro e ele precisa que vocês digam pra ele que vocês já têm candidato. Vocês não precisam xingar ninguém, não precisam falar palavrão contra ninguém. É só dizer que vocês têm consciência política e que o número de vocês é o 13”, pediu Lula.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
0 0
Views:
1916
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments