De olho na reeleição, Kalil se reaproxima de vereador e tenta se livrar de adversários

Alexandre Kalil intensifica ações para conseguir se manter como prefeito da capital mineira. Foto: Alem do Fato 01.08.2019

Alexandre Kalil intensifica ações para conseguir se manter como prefeito da capital mineira. Foto: Alem do Fato 01.08.2019

Candidato à reeleição, que está logo ali em outubro, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) iniciou um trabalho que visa, por um lado, aparar arestas que possam representar problemas maiores quando a campanha começar, e, por outro, retirar algumas pedras do seu caminho, o que vale dizer alguns adversários com potencial para ameaçar seu projeto político.

Faz parte da primeira estratégia o encontro que o prefeito terá hoje, no final da manhã, com o vereador Gabriel Azevedo (sem partido). Gabriel foi peça chave na eleição de Kalil, atuando como coordenador geral e estrategista de sua campanha digital, que chegou a ser premiada como uma das mais criativas do país.

Logo após a eleição, entretanto, houve um rompimento, o vereador adotou uma postura de independência e passou a exercer de forma contundente seu papel de fiscal das ações do Executivo. Nos três primeiros anos, tornou-se um crítico feroz da gestão municipal, em especial em algumas áreas, como a da mobilidade, cobrando do prefeito o que ele havia prometido como candidato, mas que não cumpriu quando chegou ao cargo.

O gesto de reaproximação foi feito pelo prefeito, durante visita recente que ele fez à Câmara Municipal. Na semana passada sua assessoria ligou para o gabinete do vereador agendando a reunião para hoje. Gabriel aceitou o convite e há boas chances de que saiam fumando o cachimbo da paz.

Um adversário a menos

Na outra ponta, o prefeito trabalha para tirar do seu caminho alguns adversários e parece ter conseguido se livrar daquele que vinha se apresentando com mais potencial para incomodar sua candidatura, que é o deputado estadual Mauro Tramonte (Republicanos). Pesquisas de intenção de voto chegam mostrar uma diferença de pouco mais de 10 pontos percentuais entre ambos.

Os dois se encontraram recentemente na casa do prefeito e políticos que tiveram informação sobre a reunião dão conta de que a candidatura de Tramonte subiu no telhado. O argumento que o prefeito usou para convencer o parlamentar a desistir (a se confirmar a desistência) ainda é um mistério.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments