Defesa pede liberdade imediata de Lula ao ministro Gilmar Mendes

  • por | publicado: 7/08/2019 - 15:53
Defesa do ex-presidente Lula pede ao ministro Gilmar Mendes sua liberdade imediata. Foto - Portal Vermelho

Defesa do ex-presidente Lula pede ao ministro Gilmar Mendes sua liberdade imediata. Foto - Portal Vermelho

A defesa do ex-presidente Lula enviou ao ministro Gilmar Mendes, do STF, pedido de liminar para que ele seja solto imediatamente e que seja suspensa sua transferência de Curitiba para São Paulo.

Caso a transferência seja feita, a defesa pede que seja assegurado ao ex-presidente o direito de permanecer em Sala de Estado Maior. A solicitação foi encaminhada a Gilmar no âmbito de uma ação de habeas corpus que é de sua responsabilidade no Supremo.

A transferência de Lula para São Paulo foi determinada hoje de manhã pela juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba. O juiz Paulo Eduardo de Almeida Sorci determinou que Lula, se for transferido, ficará na Penitenciária II de Tremembé, região metropolitana de São Paulo. Sorci foi nomeado em fevereiro deste ano, pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, que condenou Lula em primeira instância, para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária.

Há dúvidas se o pedido será mesmo julgado pelo ministro Gilmar Mendes ou se ele vai transferir a responsabilidade para o ministro Edson Fachin, que é o relator no Supremo do processo de suspeição do ex-juiz federal Sergio Moro —no qual a defesa pede a anulação da condenação do ex-presidente no processo do tríplex de Guarujá (SP).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
1 0
Views:
273
Categorias:
Política

All Comments