Governo quer convencer deputados e população que Cemig já foi privatizada

Decisão sobre privatização de empresas estatais terá que passar pelo plenário da Assembleia Legislativa. Foto - Sarah Torres/ALMG

Decisão sobre privatização de empresas estatais terá que passar pelo plenário da Assembleia Legislativa. Foto - Sarah Torres/ALMG

Preparando-se para enfrentar uma batalha na Assembleia Legislativa em torno da privatização da Cemig e Copasa, o governo Zema vai começar a vender a ideia de que, pelo menos no caso da empresa de energia elétrica, ela não pertence mais ao governo mineiro.

Hoje, o governo de Minas tem pouco mais de 17% das ações da empresa (veja na imagem, em destaque em amarelo, de página retirada do site da empresa). O setor privado detém 77% da companhia e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e social (BNDES) tem aproximadamente 5,5%.

Composição acionária da Cemig, conforme página no site da empresa.
Composição acionária da Cemig, conforme página no site da empresa.

Caso consiga vencer as resistências e vender a empresa, a expectativa do próprio governo é arrecadar, com o percentual que detém, cerca de R$ 3,8 bilhões. Com esse dinheiro, o Executivo só consegue pagar a folha do funcionalismo de um mês (que é hoje de R$ 2,5 bilhões líquidos, conforme informações da secretaria estadual de Planejamento).

Entre os críticos da ideia de vender a estatal, que foi fundada em 1952 por
Juscelino Kubitschek, esse é também um dos principais argumentos. Ou seja, o governo vende, fica sem a empresa e o dinheiro arrecadado nem de longe vai não ajudar Minas a sair do buraco financeiro em que se encontra.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
4 7
Views:
1027
Categorias:
Política

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ademar Viana

Se com apenas 17% do capital o governo consegue determinar os rumos da empresa em favor da população, porquê perder esse controle? Vale a pena correr o risco de perder o controle e ver a iniciativa privada sonegar impostos ou pensar somente no lucro ao invés dos interesse mineiros?

Daniel Soares Arantes

A Cemig há muito tempo não é mais do Governo Mineiro e muito menos do povo . Pertence aos políticos e seus amigos . Infelizmente empresa pública no Brasil deve ser privatizada já !

L. V. M. Silva

Mas, prezado Daniel Soares, como se vê no quadro de distribuição das ações, o governo só detém 17% da fatia. Ainda assim, com essa pequena fatia, toda vez que o governo pede, a CEMIG antecipa o valor de 6 meses de ICMS ao estado pra cobrir a folha de pagamento. Agora, imagina que empresa privada terá essa DISPOSIÇÃO, pra não dizer obrigação, de antecipar esse valor. Com essa fatia ainda é patrimônio dos mineiros.

Daniel Soares Arantes

Prezado Ademar, a Cemig pode até antecipar ICMS como vc alegou ( confesso que não tinha conhecimento dessa prática ) mas por outro lado, é um grande ônus para o povo mineiro . Praticas de corrupção , altos salarios, grande numero de funcionarios e um pessimo serviço com linhas de transmissão sucateadas e pouco investimento e recursos para modernizar o seu portifólio, fazem dela uma empresa deficitaria e inoperante. Ademar, precisamos urgentemente reduzir o tamanho do Estado em todas as esferas administrativas ( Federal, Estadual, Municipal ). O Estado deve se concentrar na gestão de recursos para fins basicos como, saude, educação, etc. Nos outros setores a Iniciativa Privada toma conta . Abraços

Daniel Soares Arantes

Desculpe o erro : L.V.M.Silva

Ademar Viana

Prezado,
A corrupção, de qualquer tipo, deve ser punida com os rigores da lei. Quem usa uma empresa de economia mista para fins de corrupção, se não tiver essa empresa, irá desviar recurso da administração direta (Estado). O melhor remédio então é combater os corruptos!

Daniel Soares Arantes

Caro Ademar , claro que a corrupção deve ser combatida ! Só que, corrupção na empresa privada é mais dificil de acontecer do que na empresa publica. A empresa pública é um ambiente fértil para a pratica de delitos e é o paraiso dos politicos e seus coleguinhas . Quem perde é o povo que durante muitos anos ingenuamente acreditou no discurso de que : ” A empresa publica é o patrimonio a serviço do povo”. Conversa mole pra boi dormir ! Grande abraço !

Julio Julio

Se vai privatizar acha que vai ser sua? Kkk

edson nelson

Petista não quer largar o osso.

Julio Julio

Eles vão vender para eles mesmos, pagar mal funcionário tirar direitos. Ficar com os lucros da empresa. E o povo vai continuar na pobreza, essas pessoas sonhadoras

Julio Julio

Eles vão vender para eles mesmos, pagar mal funcionário tirar direitos. Ficar com os lucros da empresa. E o povo vai continuar na pobreza, essas pessoas sonhadoras

edson nelson

Petista não quer largar o osso.

Ademar Viana

Se com apenas 17% do capital o governo consegue determinar os rumos da empresa em favor da população, porquê perder esse controle? Vale a pena correr o risco de perder o controle e ver a iniciativa privada sonegar impostos ou pensar somente no lucro ao invés dos interesse mineiros?

Daniel Soares Arantes

A Cemig há muito tempo não é mais do Governo Mineiro e muito menos do povo . Pertence aos políticos e seus amigos . Infelizmente empresa pública no Brasil deve ser privatizada já !

Julio Julio

Se vai privatizar acha que vai ser sua? Kkk

L. V. M. Silva

Mas, prezado Daniel Soares, como se vê no quadro de distribuição das ações, o governo só detém 17% da fatia. Ainda assim, com essa pequena fatia, toda vez que o governo pede, a CEMIG antecipa o valor de 6 meses de ICMS ao estado pra cobrir a folha de pagamento. Agora, imagina que empresa privada terá essa DISPOSIÇÃO, pra não dizer obrigação, de antecipar esse valor. Com essa fatia ainda é patrimônio dos mineiros.

Daniel Soares Arantes

Prezado Ademar, a Cemig pode até antecipar ICMS como vc alegou ( confesso que não tinha conhecimento dessa prática ) mas por outro lado, é um grande ônus para o povo mineiro . Praticas de corrupção , altos salarios, grande numero de funcionarios e um pessimo serviço com linhas de transmissão sucateadas e pouco investimento e recursos para modernizar o seu portifólio, fazem dela uma empresa deficitaria e inoperante. Ademar, precisamos urgentemente reduzir o tamanho do Estado em todas as esferas administrativas ( Federal, Estadual, Municipal ). O Estado deve se concentrar na gestão de recursos para fins basicos como, saude, educação, etc. Nos outros setores a Iniciativa Privada toma conta . Abraços

Ademar Viana

Prezado,
A corrupção, de qualquer tipo, deve ser punida com os rigores da lei. Quem usa uma empresa de economia mista para fins de corrupção, se não tiver essa empresa, irá desviar recurso da administração direta (Estado). O melhor remédio então é combater os corruptos!

Daniel Soares Arantes

Caro Ademar , claro que a corrupção deve ser combatida ! Só que, corrupção na empresa privada é mais dificil de acontecer do que na empresa publica. A empresa pública é um ambiente fértil para a pratica de delitos e é o paraiso dos politicos e seus coleguinhas . Quem perde é o povo que durante muitos anos ingenuamente acreditou no discurso de que : ” A empresa publica é o patrimonio a serviço do povo”. Conversa mole pra boi dormir ! Grande abraço !

Daniel Soares Arantes

Desculpe o erro : L.V.M.Silva