Vereadora tenta encerrar discussão sobre Escola Sem Partido no grito

  • por | publicado: 2/10/2019 - 23:26 | atualizado: 3/10/2019 - 17:38
Vereadora Bella Gonçalves (PSOL) tentou suspender no grito sessão da Câmara Municipal de BH que discutia o projeto Escola Sem Partido- Foto - CMBH

Vereadora Bella Gonçalves (PSOL) tentou suspender no grito sessão da Câmara Municipal de BH que discutia o projeto Escola Sem Partido- Foto - CMBH

A vereadora Bella Gonçalves (PSOL) tentou encerrar no grito a sessão da Câmara Municipal de Belo Horizonte que discutia, hoje à tarde, o projeto Escola Sem Partido. Insatisfeita com os rumos da discussão, a vereadora saiu em disparada rumo à mesa diretora e tentou tirar o microfone do vereador Jair de Gregório (PP), que presidia a sessão. Foi preciso que colegas interferissem para conter a ira da Bella.

Após o bate-boca, a sessão foi suspensa porque não havia quórum para votar a matéria, que estará de volta na pauta da reunião de amanhã. Fruto de um projeto coletivo assinado por 21 vereadores, o Escola Sem Partido, além de representar um retrocesso, por querer censurar a livre expressão dos professores (entre outras aberrações), é claramente inconstitucional, segundo especialistas.

Mas deve ser aprovado pela base do prefeito Alexandre Kalil, que certamente vai vetar a iniciativa. Mas quem conhece a Câmara aposta que o veto do prefeito, caso ocorra, será derrubado. A não ser, evidentemente, que o Executivo use o seu poder de persuasão junto aos vereadores que controla, o que pode sair caro.

A propósito do imbróglio criado pela vereadora Bella, o vereador Jair de Gregório está disposto a denunciar a colega ao conselho de ética da Câmara por falta de decoro.

Veja no vídeo abaixo o momento em que a vereadora Bella Gonçalves sai em disparada rumo à presidência da mesa.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments