Anvisa prorroga discussão da rotulagem dos alimentos

Anvisa prorroga por mais 30 dias discussão sobre rotulagem nutricional nos alimentos embalados - Foto: Marcos Santos/USP Imagens/Divulgação

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) prorrogou por mais 30 dias, a contar de amanhã (08/11), o prazo para apresentação de “críticas e sugestões” ao texto das propostas de Resolução da Diretoria Colegiada, de rotulagem nutricional nos alimentos embalados, e da Instrução Normativa, que estabelece requisitos técnicos para  declaração de rotulagem nutricional nos alimentos. O despacho, do dia 5, foi assinado pelo chefe da Gerência-Geral de Recursos da Anvisa, Willim Dib.

Bradespar assume cautela

Braço de participações do Bradesco, o maior banco privado nacional, a Bradespar S.A. (é parte no controle Vale), comunicou aos acionistas que a Administração deliberou não pagar a primeira parcela da remuneração anual deles. Esse pagamento é trato por parcela do “item 2.1 da Politica Indicativa de Remuneração Anual do Acionista”.

A Bradespar está entre os principais acionistas da mineradora de ferro Vale S.A – Foto: Banco de Imagens da Vale/Redes Sociais

Contudo, a Bradespar destacou que “continuará avaliando a evolução do resultado do exercício social em curso e do seu fluxo de caixa livre, para aferir a viabilidade de submeter, até o fechamento do resultado ou previamente à próxima Assembleia Geral Ordinária dos acionistas”.

O comunicado, assinado pelo diretor-presidente e Diretor de Relações com Investidores da Bradespar, Fernando Jorge Buso Gomes, foi despachado dia 1º. Contudo, ainda repercute no mercado dos investidores. Pois, traduzindo o comunicado, prevalece a hipótese de que o sinal daquele dividendo somente após a publicação balanço anual patrimonial de 2019, em 2020.

É esperado, pelos investidores em infraestrutura, algum “evento extraordinário” da Bradespar para a próxima semana financeira – de 11 a 14. Dia 15 (sexta-feira) será feriado e, portanto, sem expediente.

Prefeituras de Minas fazendo gaveta

Está muito comum, em Minas Gerais, as prefeituras abrirem licitações praticamente com mesmo texto. Como 2020 é ano de eleições municipais, fica a impressão que estão licitando agora para não caírem nas restrições do calendário da Justiça Eleitoral. Com poucas diferenças de palavras, a linha básica tem sido: “… para futura e eventual contratação de empresa para fornecimento de …”.

#Bradespar #PrefeitrurasDeMinasGerais #Prefeituras #Bradesco #Remuneração #BradesparNãoPagará #Anvisa #RotulagemDeAlimentos #BOV:BRAP4

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.