BNDES e sócios da Unitec Semicondutores voltam à mesa

  • por | publicado: 28/08/2019 - 06:10

BNDES e demais acionistas na Unitec Semicondutores marcaram para hoje (28) discussão sobre o futuro da fábrica. Nas propostas consta a possibilidade de extinção do projeto que consumiu R$ 1 bilhão - Foto: Divulgação/Unitec

O BNDES e sócios na Unitec Semicondutores, de Ribeirão das Neves (MG), abrem hoje (28) AGE que deveria ter sido realizada há 16 dias. A fábrica foi dimensionada para receber R$ 1 bilhão em investimentos. Há dois anos, a Finep, agência federal de apoio à pesquisa, suspendeu repasses, por não ter recebido garantias. O BNDES, também financiador, se recusa a fazer novos aportes.

A planta da Unitec chegou a entrar em pré-operação. No momento, faz manutenção de equipamentos e precisa, com urgência, US$ 80 milhões. Esse é o valor para a conclusão da etapa nobre da linha componentes finais para as indústrias que fornecem equipamentos, partes, componentes com inteligência artificial.

Para a AGE suspensa, dia 12, a ordem do dia tinha um só item. Este propunha votação as alternativas: retomada de aportes pelos acionistas, entrada de sócio-investidor, venda dos equipamentos, recuperação judicial, por fim, extinção do projeto.

O projeto foi iniciado por um ex-presidente da Volkswagen do Brasil, Wolfgang Sauer. Depois, passou às mãos do ex-bilionário Eike Batista, fundador do Grupo EBX, como investidor principal. Este acabou substituído pelo Grupo Corporación America. O projeto também como acionistas o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), IBM Brasil e a Matec e WS In Tecs (Sauer e Frederico Naves Blumenschein, presidente Unitec, ).

BNDES e sócios não fizeram publicação

O BNDES e sócios nada publicaram sobre a decisão de suspender a AGE convocada para o dia 12. O banco é público. No dia 20, Além do Fato solicitou informações à Assessoria de Imprensa da instituição. Sem reposta, retomou o pedido no dia 23, após contato por telefone. Ficou acordado o envio de alguma informação. Findado o prazo e sem qualquer manifestação, este site, no empenho pela notícia, reformulou pedido. Resposta: “Ainda estamos apurando“. Até hoje, a Assessoria nada encaminhou. Porém, ainda no dia 20, diante do primeiro silêncio daquela assessoria, mesma solicitação seguiu para a Ouvidoria do BNDES, com a explicação do motivo. Ontem (27), às 19h15, a Ouvidoria respondeu:

“Prezado Sr. Nairo Alméri, 

Em atenção à mensagem enviada a esta Ouvidoria em 20.08.2019, informamos que o departamento responsável reportou o que segue:

“A Assembleia Geral Extraordinária, inicialmente prevista para o dia 12.08.2019, foi suspensa até o dia 28.08.2019 por solicitação da maioria dos acionistas, para avaliação das alternativas a serem adotadas à Unitec.” 

Em caso de nova necessidade, colocamo-nos à disposição para mais esclarecimentos através do seguinte endereço: 
http://www.bndes.gov.br/ouvidoria

Atenciosamente,

Ouvidoria do BNDES” 

MATÉRIAS RELACIONADAS

Unitec, se sobreviver à AGE, deixará acionistas marcados

Cemitério de indústrias de semicondutores em Minas

BNDES e BDMG admitem extinção da Unitec, projeto de R$ 1 bi

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.