Brandes encolhe na carteira da Embraer

  • por | publicado: 01/02/2024 - 22:30

Cargueiro C-390 da frota da FAB, parceira da Embraer no projeto. Imagem ilustrativa - Foto: Divulgação/FAB/Governo

Investidores da carteira de ativos da Brandes Investment Partners, LP, reduziram a participação no capital social da Embraer S.A. Saíram, portanto, de 15,14% para 14,86% (12/01/2024 – Fonte; Bolsa B3).

A Brandes segue, entretanto, como maior acionista de referência da empresa de São José dos Campos (SP). A BNDES Participações – BNDESPar, representante da União, tem 5,37% do capital da Embraer, a terceira maio fabricante de jatos na aviação comercial do mundo, atrás da Boeing e Airbus.

A gestora e consultora de investimentos da Califórnia, nos Estados Unidos, comunicou a alteração de posição nesta quarta (1º/02). Salientou que seus cientes preferenciais são os investidores institucionais do país.

O aviso, diretamente à montadora brasileira de aviões, levou o pedido de divulgação ampla ao mercado de acionistas e autoridades.

Reduziu o prejuízo em 83%

Nos 9M23, a Embraer apurou R$ 16,381 bilhões nas receitas de vendas de aeronaves e serviços.

Apesar do crescimento das receitas em 26% frente ao mesmo período do ano fiscal de 2022, o balanço da empresa continuou no vermelho. Entretanto, com uma redução expressiva, de R$ 1,167 bilhão para R$ 189 milhões. Portanto, menor 83,2%.

Matérias Relacionadas:

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments