Pesquisa para produtos medicinais do semiárido

Parceria entre o Insa e o IPA abrangerá todas as fases da pesquisa com espécies da flora do Semiárido até a produção de medicamentos - Foto: Redes Sociais

O Instituto Nacional do Semiárido (Insa) firmou acordo de parceria com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) para promoção de pesquisa e desenvolvimento de produtos medicinais veterinários e para saúde humana. A ênfase será para espécies da flora da Caatinga. As pesquisas , porém, não se restringirá àquelas espécies.

O Insa é vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC). O acordo, válido por cinco anos, foi celebrado dia 25/11,

Pelo que reza o Acordo de Parceria Nº 02/2019, que tem o Insa como titular, as pesquisas abrangerão diversas atividades e projetos de P&D. Atingirão, portanto, a extensão na formação e intercâmbio de recursos humanos. As partes farão, portanto, compartilhamento de laboratórios e outras infraestruturas afins com o acordo.

Fora dos laboratórios, da pesquisa clássica, o Insa e IPA têm metas ousadas. Entre elas é da geração e transferência de tecnologias e informações que deem suporte às políticas de promoção do desenvolvimento econômico, social e ambiental. Assim sendo, a expectativa é a de que a aplicação do conhecimento gerado extrapole os Estados da Paraíba e Pernambuco e Região Semiárida Brasileira.

#Insa #IPA #MCTIC #PlantasMedicinais #PlantasVeterinárias #Semiárido

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.