Sebrae e CDL/BH reconhecem e valorizam jornalismo contra fake News

  • por | publicado: 26/05/2023 - 06:07 | atualizado: 05/06/2023 - 15:28

Com Caco Barcelos, Marcelo S. Silva premia estudantes de jornalismo da PUC/MG, foto Alessandro Carvalho/CDL

No período de 10 anos, o Sebrae MG e a CDL/BH realizam premiações que, além de reconhecer, valorizam o jornalismo profissional contra ataques desconstrutivos e fake News. Em seu 11º ano consecutivo, a Câmara de Dirigentes Lojistas da capital (CDL/BH) divulgou os vencedores da edição deste ano na sexta (19). Foram premiadas reportagens sobre o setor de comércio e serviços de Minas em temáticas como representatividade, competitividade, empreendedorismo, políticas urbanas, entre outras.

Já as inscrições para a etapa mineira do 10º Prêmio Sebrae de Jornalismo (PSJ) podem ser feitas até o próximo dia 5 de junho no site premiosebraejornalismo.com.br. Os vencedores serão conhecidos no dia 24 de agosto, em evento em sua sede estadual. Os campeões estaduais seguirão para a fase regional, que classificará os finalistas nacionais. Podem concorrer ao 10º PSJ, matérias veiculadas de 1º de julho de 2022 a 4 de junho de 2023. Os trabalhos incluem podcasts e vídeos veiculados em plataformas digitais nesse mesmo período.

Premiações

O jornalista vencedor em 1º lugar em cada uma das categorias do Prêmio CDL recebeu R$ 8 mil em forma de vale-viagem. O 2º e 3º lugares foram premiados, também em forma de vale-viagem, com valores de R$ 5 mil e R$ 4 mil, respectivamente.

O concurso do Sebrae vai distribuir R$ 72 mil em dinheiro para os autores dos trabalhos classificados em 1º, 2º e 3º lugares na fase estadual do concurso. Os vencedores nas categorias texto, vídeo, áudio e fotojornalismo receberão as quantias de R$ 9 mil (1º lugar), R$ 6 mil (2º lugar) e R$ 3 mil (3º lugar).

Homenagem especial

Como nos anos anteriores, a CDL/BH fez homenagem a um jornalista de destaque. Na 11ª edição, o escolhido foi o jornalista e escritor Caco Barcellos foi o escolhido. Com 50 anos de trabalho, sem jamais ter saído das ruas, Caco atuou onze anos nos principais jornais do país e também nas revistas semanais, IstoÉ e Veja. Na televisão, ganhou notoriedade pelas suas reportagens investigativas sobre violência e injustiça social, exibidas no Jornal Nacional, Fantástico e Globo Repórter. Desde 2016, dirige o programa semanal Profissão Repórter, um projeto de sua autoria, onde lidera um grupo de jovens profissionais em começo de carreira.

“Precisamos, cada vez mais, valorizar o trabalho dos profissionais da comunicação que se dedicam diariamente a levar informação transparente e ética. Nos sentimos realizados em promover mais uma edição marcada pelo sucesso e confiança de todos esses profissionais.”, afirmou o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

Jornalistas do jornal Estado de Minas vencedores da premiação da CDL/BH, foto Alessandro Carvalho/CDL

Vencedores do Prêmio CDL/BH de Jornalismo

Categoria: Impresso

1º Lugar

Reportagem: Mapa da violência e soluções de segurança em BH – Jornal Estado de Minas – Mateus Parreiras

2º Lugar

Reportagem: Coletivo de problemas – Jornal O Tempo – Tatiana Lagôa, Cinthya Oliveira, Juliana Siqueira e Simon Nascimento

3º Lugar

Reportagem: Combustíveis: quem pode menos, paga mais – Jornal Estado de Minas – Luiz Ribeiro dos Santos e Roger Dias

Categoria: Rádio

1º Lugar

Reportagem: Empreender para viver – Record

Ana Paula Pedrosa, Pablo Nascimento e Kiko Viveiros

2º Lugar

Reportagem: BH e o mercado de startups – Rádio Band News

Ana Clara Moreira e Leonardo Martiniano

3º. Lugar

Reportagem: Made in BH – Rádio Itatiaia

Helen Araújo Leão, Júlio Vieira, Aline Campolina, Vicente Campos e Wallas Melo

Categoria: Televisão

1º. Lugar

Reportagem: Caminhos das águas – TV Globo

Fred Bottrel, Danilo Girundi, Herbert Cabral, Saulo Vieira, Sérgio Pacheco, Lucas Vinaud, Marina Novais, Rodrigo Salgado, Laís Politi, Dener Alano, Talita Nunes e Breno Camelo

2º. Lugar

Reportagem: Minas tem 10 regiões queijeiras reconhecidas – TV Record

Luciana Simões Coelho, Regiane Moreira, Alan Rodrigo Gonçalves, Mauro Ferreira Miranda, Ivana Fonseca e Aquidauana Rodrigues

3º. Lugar

Reportagem: Vazios invisíveis – Rede Minas

Renato Franco, Flávio Guerra, Willian Félix, Sandro Romero, Victor Caldas e Jeferson Silveira

Categoria: Internet

1º. Lugar

Reportagem: 10 anos da lei de cotas – Portal O Tempo

Cristiana Andrade, Ana Luiza Bongiovani, Lucas Morais, Acir Galvão, Hélvio Avelar, Andréa Viana, Reinaldo Dias, Queila Ariadne, Fred Magno, Rodney Costa e Louis Marlon

2º. Lugar

Reportagem: Fonte de conflitos – Portal O Tempo

Queila Ariadne, Rafael Rocha, Ana Luiza Bongiovani, Tatiana Lagôa, Cristiana Andrade, Lucas Morais, Flávio Tavares, Fred Magno, Andréa Viana e Reinaldo Dias

3º. Lugar

Reportagem: Dinheiro, Suor e cerveja – Portal G1

Camila Falabella, Carolina Caetano e Rafaela Mansur

Categoria: Cinegrafista

1º. Lugar

Trabalho: Vazios invisíveis – Rede Minas

Sandro Romero Nogueira, Willian Félix, Renato Franco, Amanda Amaral, Flávio Guerra, Jefferson Silveira e Victor Caldas

Categoria: Fotojornalista

1º. Lugar

Trabalho: Ouro Preto e Catas Altas reservam tesouros – Jornal Estado de Minas

Leandro Cesar Ribeiro Couri

Categoria: Estudante

1º. Lugar

Trabalho: Minas aprova isenção de ICMS para in natura – PUC Minas

Nara Ferreira Souza Santos, Alexandre Temponi, Maria Eduarda Mariano e Rafael Consolmago

2º. Lugar

Trabalho: Mercado Novo: onde cultura e história se fundem – PUC Minas

Gabrielly Ribeiro da Silva Santos, Edilson Nicolau de Paula Junior e Stéfanny Chagas Silva

3º. Lugar

Mineração predatória – PUC Minas

Arnon Gonçalves de Oliveira e Tainara Diule

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments