Sem Tecnoshow, ABCZ e Agrishow ficam em xeque

  • por | publicado: 14/03/2020 - 15:31

Feira e exposição Tecnoshow Comigo, em Rio Verde (GO), deveria começar no próximo dia 30. Por causa da pandemia do novo coronavírus, a empresa organizadora decidiu cancelar - Foto: Divulgação/Comigo

Depois do cancelamento da maior exposição de tecnologia agrícola do Centro-Oeste, em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), é previsível, portanto, medidas semelhantes em cascata. A Tecnoshow Comigo, em Rio Verde (GO), estava prevista para o final do mês. O cancelamento foi anunciado ontem (13/03).

Assim sendo, inevitavelmente, os holofotes ficam direcionados para a Exposição Internacional das Raças Zebuínas (ExpoZebu), da ABCZ, em Uberaba (MG), e Agrishow 2020 – Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, em Ribeirão Preto (SP). Estão programadas para a virada abril/maio. Todavia, até ontem, os respectivos organizadores mantinham os calendários.

Tecnoshow sem nova data

Não fosse a decisão, a Tecnoshow Comigo iria de 30 deste mês a 3 de abril, dentro do Instituto de Ciência Tecnológica (ICT). “Atendendo as orientações das autoridades sanitárias contidas no alerta do Ministério da Saúde, que estabelece medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (Covid-19), bem como o informe da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), e, ainda, por decretos emitidos pelo governo do estado de Goiás e pela prefeitura de Rio Verde, decidiu-se pela suspensão, por tempo indeterminado, da Tecnoshow Comigo” (sic). Esse um trecho da nota assinada pelo presidente da Comigo, Antônio Chavaglia.

Em 2019, de acordo com a empresa organizadora, 580 expositores estiveram na Tecnoshow Comigo, que atraiu 118 mil pessoas. Os negócios do evento somaram R$ 3,4 bilhões. Para 2020, a expectativa era recber 120 mil pessoas.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

ABCZ e Agrishow ainda resistem

Mas, diante das novas medidas restritivas dos municípios, Estados e União, “é muito provável que anunciem fatos novos, nas próximas horas”. O prognóstico é de um organizador de eventos sobre as posturas na Agrishow e ABCZ, ouvido na manhã de hoje por ALÉM DO FATO. Completou que “(ao menos) adiar seria razoável”.

ABCZ espera a presença de mais de 500 compradores estrangeiros em Uberaba, no Triângulo Mineiro – Foto: ABCZ/Divulgação 2019

Na ABCZ, contudo, há uma postura de resistência pública. Não se admite nem adiamento nem cancelamento da ExpoZebu. Se mantida, será 86ª Expozebu e irá de 25 de abril a 3 de maio. Portanto, segue a expectativa da entidade é a de atrair ao parque de exposição, no Centro da cidade. Então, passa a ser preocupação a mais a naunicada presença de mais de 500 compradores estrangeiros.

Para demonstrar a determinação do seu presidente, Rivaldo Machado Borges Junior, na quinta (12/03), a diretoria da ABCZ fez ampla reunião. Convocou organizadores e autoridades municipais da saúde, vigilância sanitária e das forças de segurança.

O prefeito de Uberaba, Paulo Piau (MDB), contudo, assegura que a cidade está pronta para enfrentar a pandemia, conforme protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS). O jornal “O Noroeste”, de Cuiabá (MT), entrevistou Piau e publicou: “Segundo ele, o mundo não pode parar por causa da doença”.

A diretoria da ABCZ reuniu autoridades municipais e informou que mantém o calendário da ExpoZebu 2020 – Foto: ABCZ/Divulgação

A expectativa da ABCZ é atrair público de 320 mil visitantes e realizar negócios da ordem de R$ 250 milhões, ou seja, 10% acima de 2019. No ano passado, a associação comemorou seu centenário de fundação.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

2.270 feiras no Brasil

No início do ano, o Calendário 2020 do site Feiras do Brasil exibia concentração de eventos no primeiro semestre. Isso exatamente a partir deste mês: março (318), abril (274), maio (295) e junho (256).

  • – 2.270 feiras
  • – 2.125 promotores
  • – 938 Centros de Eventos

Mas, nestes dias, o portal apresenta o seguinte “Comunicado: “Em função do impacto do coronavírus, um grande número de feiras e eventos estão sendo postergados e, em alguns casos, até cancelados”. O site informa que seguirá atualizando o calendário. Assim, até às 12h de hoje, para março estava assim:

EM MARÇO:

  • Feiras e eventos: 308;
  • Segmentos: 37;
  • Estados: 22;
  • Cidades: 108;

ABRANGÊNCIA:

  • Internacional: 63;
  • Nacional: 90;
  • Regional: 155

Por Estados, São Paulo (127) concentra maior número de eventos. Depois, seguem Rio Grande do Sul (28), Rio de Janeiro (28), Paraná (26), Paraná (23), Minas Gerais (22) e Santa Catarina (17).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.