USP revela que sua máscara contra Covid combate a gripe

  • por | publicado: 13/06/2022 - 12:06 | atualizado: 14/06/2022 - 21:22

Com a recomendação da volta ao uso de máscaras contra Covid em locais fechados, o produto da USP, portanto, é opção no combate ao vírus da gripe – Crédito: Divulgação/Agência Fapesp (Gov. SP).

Máscara que previne, de forma simultânea, contra os vírus da Covid-19 e gripe de forma simultânea está disponível no mercado brasileiro. O produto é nacional, desenvolvido, há mais tempo pelo Instituto de Química da Universidade de São Paulo (IQ-USP) para o combate à Covid-19. Entretanto, só agora o Instituto de Ciências Biológicas (ICB-USP) revelou a eficiência abrangente dos testes , em 2020 e 2021. Apontaram “eficácia (99%) contra o SARS-CoV-2 e suas variantes ômicron, delta, gama (p1) e zeta (p2). Não foi diferente com o influenza”.

Essa “boa notícia”, na expressão aplicada em texto da Agência Fapesp (da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Fapesp), foi divulgada na sexta (10/06). O tecido aplicado, destaca a nota, recebeu tratamento com o composto químico Phtalox. Portanto, o produto se mostrou “capaz de eliminar as partículas virais no momento em que elas entram em contato com a máscara”.

A agência lembra que muitas cidades, como Belo Horizonte, por exemplo, voltou a exigir uso de máscara contra Covid em locais fechados, a partir de amanhã (14/06), o equipamento da USP será importante.

A Fapesp apoiou o desenvolvimento da máscara, denominada Phitta Mask, que teve parceria da Golden Technology. Leia mais AQUI.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments