Voando no vermelho, Azul busca suporte de R$ 1,6 bi

  • por | publicado: 26/10/2020 - 21:44

Azul fará captação de R$ 1,6 bilhão em debêntures conversíveis em ações - Foto: Azul/Divulgação

Atingida pela recessão global, como todas As companhias de aviação, por conta da Covid-19, a Azul Linhas Aéreas busca R$ 1,6 bilhão. Fará isso via oferta de debêntures conversíveis em ações.

No balanço do 1S20, a companhia registrou prejuízo líquido de R$ 9,291 bilhões, revertendo o lucro de R$ 460 milhões no 1S19. Portanto, houve pressão sobre o patrimônio líquido. Esta rubrica era negativa R$ 3,519 bilhões, no 1S19, e saltou para R$ 12,648 bilhões. Houve, então, um aumento significativo de 259,42%.

“A emissão das Debêntures faz parte dos esforços da Azul para conter o impacto econômico da pandemia do Covid-19 em suas operações, e a Azul espera usar os recursos líquidos da Oferta das Debêntures para capital de giro, expansão de suas atividades de logística e outras oportunidades estratégicas”. Portanto, essa a destinação dos recursos, conforme comunicado, desta segunda (26/10), de que “submeteu” Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o registro.

Queda 38% nas receitas

Afetadas com as suspensões dos voos, como medida de contenção da pandemia, as receitas de vendas da companhia foram sensivelmente afetadas. Nos semestres comparados, apresentaram queda de 37,9%, para R$ 3,204 bilhões.

Resultado financeiro negativo R$ 8,6 bi

O balancete da Azul foi, também, pressionado na conta dos resultados financeiros. Estava negativa R$ 327 milhões, no 1S19, e pulou para R$ 8,685 bilhões. Ou seja, expansão extraordinária de 2.555%.

Azul pode elevar oferta

O lançamento de oferta pública será de 1,6 milhão de debêntures. Elas terão valor unitário de R$ 1mil. Portanto, a companhia tem a expectativa inicial de captar o mínimo de R$ 1,6 bilhão. Contudo, o volume poderá receber mais 20%, ou seja, mais 320 mil debêntures. O prazo de subscrição termina em 30 de dezembro.

A empresa optou pela emissão (1ª) de debêntures em série única. Serão conversíveis em ações preferenciais, isto é, sem direito a voto. Os debenturistas farão jus a juros semestrais, até o vencimento (resgate) em 16/10/2025.

Azul cita interessados

O comunicado da Azul apresenta indicações de interessados em assumir até R$ 1,8 bilhão das debêntures. Nomina a Kinghthead Capital Management LLC e a Certares Management LLC. A empresa oferece aos investidores ativos imobilizados como garantias.

Aprovação do Conselho

Ainda na tarde (às 12h) desta segunda, o Conselho de Administração da Azul fez reunião para aprovar a captação. Por isso, a empresa fez (às 15h16) um segundo comunicado ao mercado.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments