Bolsonaro terá candidato a prefeito em BH, mas nome pode não ser do PSL

Avaliação do presidente Jair Bolsonaro despenca e maioria dos brasileiros acha que ele está no caminho errado. Foto - José Cruz/Agência Brasil

Avaliação do presidente Jair Bolsonaro despenca e maioria dos brasileiros acha que ele está no caminho errado. Foto - José Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro, que está a caminho dos Emirados Árabes, disse hoje que vai apoiar entre 30 a 40 candidatos a prefeito nas eleições do próximo ano, boa parte deles nas capitais. Segundo integrante da direção do PSL de Minas, o presidente terá candidato a prefeito de Belo Horizonte, mas o nome não precisa, necessariamente, ser do partido.

Isso porque o futuro do presidente, dos seus filhos e de seus aliados no PSL é incerto. A briga entre as alas bolsonaristas e bivaristas (ligados ao presidente da legenda, Luciano Bivar) continua, tendo como pano de fundo o controle sobre a verba milionária que o partido terá para as eleições municipais, algo em torno de R$ 600 milhões (incluindo os recursos do fundo partidário e do fundo eleitoral).

Eu pretendo ter uns 30 a 40 candidatos pelo Brasil. Quase todas as capitais. Agora, eu tenho que ter decisão sobre o partido. Eu não posso entrar e chegar na convenção, como eles têm a maioria, me deixam para trás. Eu tenho que ter um partido onde você tenha confiança, um partido que tenha, inclusive, transparência”, disse Bolsonaro.

Do PSL de Minas, se apresentam como pré-candidatos a prefeito de Belo Horizonte os deputados estaduais Bruno Engler e Coronel Henrique. Mas o presidente Bolsonaro já disse que o candidato será, “democraticamente”, escolhido por ele.

Relacionadas

Presidente Bolsonaro terá candidato em BH para enfrentar Kalil

Kalil: “Sou candidato à reeleição e não aceito negociar meu vice”

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
2 0
Views:
1155
Categorias:
Política