Bolsonaro vai discutir mudança de nome do PSL e expurgo no partido

  • por | publicado: 29/07/2019 - 11:56
O presidente Jair Bolsonaro e o presidente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar vão se reunir no próximo dia 1º, em Brasília. Foto - PSL/Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar vão se reunir no próximo dia 1º, em Brasília. Foto - PSL/Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro tem encontro marcado com o presidente nacional do PSL, deputado federal Luciano Bivar, na próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, em Brasília. Na pauta, uma possível mudança de nome do partido, como uma estratégia para as eleições municipais do próximo ano, bem como uma espécie de expurgo na legenda.

Estaria incomodando o presidente, segundo fontes do próprio PSL, o comportamento de alguns integrantes da bancada do partido na Câmara, que, não raro, fazem críticas abertas ao governo. O deputado Alexandre Frota seria um deles.

Outro motivo de incômodo: as denúncias de uso de candidaturas laranjas na eleição do ano passado, tanto em Minas, que envolveriam o atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, como em Pernambuco, estado do presidente da legenda, Luciano Bivar.

No caso da troca de nome do partido, há a possibilidade de que seja feito um concurso online para definir a escolha.

Em tempo: o PSL terá a maior fatia do Fundo Partidário para financiar suas candidaturas a prefeito em 2020. A legenda pode ter disponível R$ 480 milhões, como informou o site Além do Fato.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
0 0
Views:
417
Categorias:
Política