Cemig, apesar da CPI, leva prêmio por “transparência”

  • por | publicado: 31/08/2021 - 18:44 | atualizado: 3/09/2021 - 13:25

Privatizar ativos da Cemig sempre motivou protestos, como em 27/09/2017 (foto). Na ocasião, deputados estaduais organizaram ato contra o leilão das UHEs Miranda, São Simão, Jaguara e Volta Grande – todas no Triângulo Mineiro. O governo federal havia retomado as concessões daquelas usinas. Fez caixa de R$ 12,13 bilhões. Foto: Clarissa Barçante/Divulgação ALMG

Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), a despeito de todo desgaste de sua imagem, por conta das constantes denúncias de irregularidades administrativas, recebeu seu 17º Troféu Transparência ANEFAC. O prêmio, votado por executivos das áreas de administração e finanças de outras corporações. Portanto, mostra um olhar diferente daquele da maioria dos deputados da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que fazem oposição aberta ao Governo de Romeu Zema.

A birra contra o governador começou na posse, pois, trouxe compromisso de campanha, em 2018, de privatização do grupo energético do Estrado e outras estatais. Os deputados, maioria em posição a Zema, além de não lhe entregarem apoio para criar instrumentos (novas leis) das privatizações, emplacaram CPI contra a companhia.

MATÉRIAS RELACIONADAS

Anefac atesta “clareza” da estatal

Com o prêmio da ANEFAC, portanto, serve para diretoria da Cemig como uma espécie de oxigenada. Tanto é assim, que a estatal tratou de fazer, nesta terça (31/08), “Comunicado ao Mercado”. Nele, então, salienta: “A Cemig é uma das vencedoras pela clareza nas demonstrações financeiras e pela qualidade das informações divulgadas na categoria ‘Empresas de Capital Aberto com Receita Liquida acima de R$ 8 bilhões” (sic).

Nas informações em geral entram as dos relatórios de sustentabilidade.

Cemig garante que escolha é “técnica”

Além, disso estatal de Minas se preocupou em afastar desconfianças sempre reinantes em premiações de associações de profissionais afins, ou seja, de rodízios das agraciadas. “As empresas vencedoras foram escolhidas através de análise técnica da FIPECAFI das demonstrações financeiras publicadas de todas as companhias brasileiras com atuação nas áreas de comércio, indústria e serviços – exceto serviços financeiros” (sic).

Anefac faz parceira com a FEA/USP

O Troféu Transparência ANEFACenvolve parceria da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (FIPECAFI/FEA – USP).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments