Minas espera de Bolsonaro recursos para reparar estragos provocados pelas chuvas

Presidente Jair Bolsonaro deve sobrevoar amanhã municípios mineiros atingidos pelas chuvas. Foto - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Presidente Jair Bolsonaro deve sobrevoar amanhã municípios mineiros atingidos pelas chuvas. Foto - Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Presidência da República confirma que o presidente Jair Bolsonaro virá a Minas amanhã para ver de perto os estragos provocados pelas chuvas. Espera-se que, além da solidariedade, o presidente anuncie a vinda de recursos federais para ajudar na reconstrução do Estado.

No último domingo, quando visitou municípios da Grande BH, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, anunciou que o governo federal tem à disposição R$ 90 milhões para ajudar todos os estados do Brasil no caso de tragédias. Para tal finalidade, é um valor irrisório.

Só em Belo Horizonte, segundo o prefeito Alexandre kalil, serão necessários cerca de R$ 400 milhões para reconstruir a cidade. E mais de 100 municípios mineiros sofrem com as consequências das chuvas. Literalmente quebrados, vão precisar da ajuda da União para inciar o trabalho de reparação dos estragos, uma vez que o Estado, também na pindaíba, pode ajudar pouco.

Espera-se também do governo federal que seja minimizada, ou até eliminada, a burocracia para a liberação desses recursos emergenciais. Em ocasiões semelhantes ao que Minas está vivendo, recursos foram anunciados, mas nunca chegaram. A situação é de calamidade. Que o presidente Bolsonaro trate o assunto como tal.

Relacionada

Chuvas inéditas em BH serão uadas para tentar abalar imagem de bom gestor de Kalil

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gerson Silva

Esse senhor repete os mesmos caminhos da Dilma Bolada. É um despreparado, incompetente, é virtual e não tem a mínima condição de comandar, nem mesmo, a portaria do condomínio onde tem casa. Assim como a Dilmanta que, demorou mais de semana pra ver a gravidade do desastre de Mariana, esse estrume que, se diz presidente, também, não apareceu por aqui pra ver de perto os problemas que as chuvas estão causando a nós mineiros, principalmente, aos moradores da capital. Já são mais de 50 mortos e essa bo$t@ sequer se manifestou publicamente sobre o ocorrido. A Dilma de Coturno teve uma votação expressiva em Minas por conta das m&rd@s deixadas pelo Pilantrel mas, agora o povo mineiro já começa ver que esse jegue não sabe o que é ocupar a cadeira presidencial. Parabéns BOZOTÁRIOS.

jhon

Tira a Dilma dessa coxinha, o bozo sim é um incapaz.

jhon

O Bozo é inimputável pois é um incapaz, não esperem nada desse mané.

Rodrigo Oliveira

Bozo,Dilma e um monte de mímimi. O mineiro é muito mais retardado, imputável e despreparado do que qualquer chefe de estado. Admite que uma folga gigantesca que paga vagabundos de funcionalismo, paga o ICMS iptu e IPVA mais caro do Brasil, admite que se formem municípios de fachada que nada produz e serve de fonte de arrecadação para partidos e cobra da união coisa que o estado falido que só cobra deles, o que o município falido que só cobra deles e não dá nada não faz. Bozo são os mineiros bolado são osineiros povo retardado burro e inútil

Dourado Brasilis

Tá drogado, fdp!?

Paulo Rodrigues

O presidente Bozó sabe que o Gado precisa de sal e capim.

Lucas Davi

Ou seja, sem o presidente, nem o governador e nem os prefeitos conseguiram fazer NADA.
Somente com o dinheiro que o PRESIDENTE BOLSONARO liberar é que vão começar a reconstruir.
Para depois de uns dias o Kalil e outros oportunistas baterem no peito e falarem “EU QUE RESOLVI”.