Secretário prevê crescimento substancial de casos suspeitos de coronavírus em BH

Secretário de Saúde de Belo Horizonte, Jackson Machado Pinto, prevê aumento substancial de casos suspeitos de coronavírus na cidade nos próximos dias. Foto - CMBH

Secretário de Saúde de Belo Horizonte, Jackson Machado Pinto, prevê aumento substancial de casos suspeitos de coronavírus na cidade nos próximos dias. Foto - CMBH

O secretário de Saúde de Belo Horizonte, Jackson Machado Pinto, prevê que os casos suspeitos de coronavírus na cidade vão crescer “substancialmente” nos próximos dias. A afirmação do secretário foi feita na Câmara Municipal ontem à tarde, em resposta a um questionamento do vereador Gabriel Azevedo (sem partido), que quis saber como o serviço de saúde da capital está se preparando para enfrentar a doença.

Belo Horizonte, lembrou o secretário, recebeu um grande número de turistas no período do Carnaval, fator que deve contribuir para elevar o número de casos suspeitos. Ele observou, entretanto, que não há motivo para pânico, uma vez que os casos de letalidade são baixos, que há formas simples e eficazes de prevenção (como lavar bem as mãos, por exemplo) e assegurou que os profissionais de saúde de BH estão treinados para enfrentar o coronavírus (covid-19).

Jakcson Pinto informou também que Belo Horizonte, em ação conjunta com o governo do Estado, está preparando uma unidade de saúde exclusiva para atender os pacientes que, porventura, sejam diagnosticados com o covid-19.

O Brasil só tem um caso confirmado de coronavírus. Trata-se de um homem que mora em São Paulo, tem 61 anos, e veio da Itália.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.