Zema dá nó górdio na Assembleia com proposta de aumento para a segurança

Reunião da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária, ontem, que aprovou proposta de aumento para servidores da segurança estadual. Foto - Guilherme Dardanhan/ALMG

Reunião da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária, ontem, que aprovou proposta de aumento para servidores da segurança estadual. Foto - Guilherme Dardanhan/ALMG

Está pronto para ir a plenário o projeto de lei de autoria do governador Romeu Zema (Novo) que concede reajuste salarial para os servidores da área de segurança pública do Estado. A responsabilidade agora, de aprovar ou recusar a proposta, passa a ser dos 77 deputados estaduais.

Zema acabou colocando o Legislativo diante de um nó górdio, que vai exigir dos parlamentares sabedoria e esperteza para desatá-lo. Se o projeto for aprovado, o que hoje parece ser o mais provável, uma vez que o lobby das forças de segurança é forte e seu poder de pressão quase que irresistível, os méritos serão do Executivo. Afinal, a proposta de aumento é do governador.

Se o projeto for derrotado (o que seria ótimo para o governo, que se veria livre de uma despesa extra de R$ 9 bilhões até 2022), o ônus recairá sobre os deputados, que terão que enfrentar a ira dos servidores da área de segurança. Hipótese, entretanto, pouco provável.

Mas aprovando o projeto, o que fazer com as demais categorias do funcionalismo estadual mais organizadas, como os servidores da educação, da saúde que, muito justamente, também reclamam aumento salarial? Quem paga a conta é o governo (ou melhor, nós, os contribuintes), mas quem diz se pode ou não pagar é o Legislativo.

Isonomia

Ao ceder aos encantos dos servidores da área de segurança, especialmente de policiais Civis e Militares, o governador Zema gera ainda mais insatisfação entre os demais funcionários estaduais e a pressão sobre o Executivo vai aumentar. O argumento do funcionalismo parece irrefutável: isonomia. Se o servidor da área de segurança vai ter aumento, os demais também têm direito.

Mas também vai aumentar a pressão sobre os parlamentares. Na Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária, onde a proposta de aumento para a segurança foi aprovada ontem, a deputada Beatriz Cerqueira (PT) apresentou emenda estendendo o reajuste para todas as categorias do Estado. A emenda, entretanto, foi derrotada.

O assunto voltará à pauta quando o projeto chegar ao plenário nos próximos dias. E os deputados terão dificuldades em explicar porque estão beneficiando uma categoria, os servidores da segurança, mas desprezando as demais, como educação e saúde, muito numerosas no Estado.

O argumento dos números, nesse momento, vai valer pouco. O debate é político. Está claro que o Estado, quebrado, não tem recurso para dar aumento para todos os servidores. A rigor, não tem nem mesmo para pagar o reajuste para as forças de segurança. Mas o governador Zema, como outros em passado recente, cedeu a pressões. Vai levar quem tem mais poder de fogo.

Nesse debate, a relação entre Executivo e Legislativo, que nunca foi das melhores, tende a se agravar. Mas, nesse particular, o governador Zema conseguiu dividir o prejuízo do desgaste com os deputados. Em qualquer circunstância, parte da conta será paga pela Assembleia.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
59 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Henrique

Nunca vi um texto tão tendencioso como esse! Vocês não se deram o trabalho de estudar o assunto antes de escrever a matéria? A segurança pública acumula perdas de 6 anos! Nesse período, judiciário e legislativo tiveram aumento, educação teve aumento, saude teve aumento e outros setores do serviço público. Ou é hipocrisia ou é má fé mesmo!

Antonio Carlos

Olha temos problemas no GOVERNO, não se pode refutar os valores funcionários da segurança púlbica, no entanto, quem educa merece respeito, quem atende nas precárias condições (médicos, enfermeiros, etc) também merecem respeito. Isonomia é uma palavra chave. Por que não diminuir os penduricalhos do Judiciário, Executivo, Ministério Público e do Legislativo e fomentar o AUMENTO para TODAS as categorias? Um Estado quebrado não deveria pagar auxliio moradia. auxlio paletó, auxilio educação, auxilio creche, auxlio funeral, auxilio disso e auxlio daquilo. Quem ganha acima de R$10.000,00 (Dez mil reais) deveria fazer o sacrifíco que o Exmo. Governador pediu e não quem ganha salário mínimo, ou quem ganha abaixo do que diz a legislação mineira (professores) que têm que enfrentar muito mais bandidos do que a Segurança Publica. A arma do professor é a educação.
Um país se faz com EDUCAÇÂO.

Luiz Henrique

Concordo com você. Estamos ladeados na luta. Também sou professor. Mas a falta de vergonha dos deputados petistas me incomoda muito. Fazem lobby na nossa catwgoria, mas não apresentaram projeto nenhum pra aumento! Cambada de vagabundos! Pior é essa matéria míope e mal feita!

Luiz Henrique

Quanto a questão de filho de praca e de oficial, não sei te dizer. Conheço oficial que tem filho em escola pública (tiradentes) que não é boa escola… Voltando a Assembléia, fico P da vida com essa cambada do PT! Sempre fizeram a mesma coisa. Jogam uma categoria contra a outra e não fazem nada de útil pra nenhuma! Ficam nessa lenga-lenga com um único objetivo de falar que defendeu determinada classe pra garantir votos nas eleições. Já to cansado disso! Ha 24 anos de profissão e escuto sempre a mesma coisa!

Nixon Duarte

Disse tudo!

Antonio Carlos

Os filhos dos praças (soldados, cabos, sargentos) estudam é na escola pública. Filho de Oficial estuda é em escola particular, portanto vocês deveriam ser os primeiros a valorizarem a escola pública.Afinal, se um militar chegou no posto que está é porque um PROFESSOR lhe proporcionou conhecimentos necessários para passar num concurso e ser o valoroso homem que ele é. A educação NÃO É INIMIGA da Segurança Pública, pelo contrário. Por favor reflitar sobre isso.

Marcos

Tendencioso foi o que vc escreveu. O jornalista descreveu o processo com perfeição. A republica das bananas esta indo para o ralo.

Luiz Henrique

Que processo ele descreveu? O legislativo? Grande coisa! Discutir as razões da desigualdade salarial no estado ele não quer, né? Dizer dos salarios de mais de 500mil mensais de juízes, promotores, desembargador, alem de outras carreiras fiscais e do judiciário e legislativo que é bom nada,né?! To vendo que você que é o informado…

Marcos

O Zema cuida do executivo estadual e não cabe a ele regular salários do judiciário, pois são regidos por lei federal. Vc é um completo desinformado.

Sapador mineiro

Como um poder estadual pode ser legislado por lei federal ????

Marcos

A remuneração dos juizes é regulada por lei federal diante da separação de poderes. Não cabe ao zeminha dar pitaco.

Luiz Henrique

O Marcos, já ouviu falar que o estado é representado por seus senadores? Não? Então vá estudar pra entender como os governadores conseguem impedir ou não o aumento de que falei. Aliás tlvz se vc soubesse, não estaríamos tão ferrados com a reforma da previdência. Por causa de desinformados como você que não conseguimos pressionar pela ao aprovação das péssimas condições previdenciárias a que nos todos estaremos submetidos!

Marcos

Infelizmente estamos cheios de Luizes Henriques, que não tem a menor noção sobre o assunto. Falam um monte de asneiras com o objetivo de defender a corporação a qual trabalham. Te aconselho a se aprofundar nos assuntos antes de se manifestar, vai nos poupar de ler tanta besteira.

Luiz Henrique

Filho, qm dera se eu fosse da corporação. Pro seu governo, não tenho altura. Sou professor e gracas a Deus nas minhas 3 jornadas pago em dia minhs contas e vivo bem.

Rafael Magno

Engraçado falar em recomposição, devido o último aumento ter sido em
2014/2015. Os AGOV e GGOV tiveram o último reajuste em 2012/2013 ou seja
a +/- a 8 anos atrás. Nosso piso inicial na carreira é de 1050,05
enquanto o da menor carreira da Segurança Pública é mais de 1800,00. É
justo pra SP?Sim! Agora pq só a SP? Percebo com isso deputados Coronel
Sandro, Sgt Rodrigues, Delegado Heli Grilo e Delegada Sheila legislam
somente em causa própria enquanto a Segurança Pública de nosso estado,
demonstra todo seu egoísmo!

João

A mais pura verdade. Só se falam em Segurança, Saúde e Educação. As outras categorias não tem a mesma representatividade na Assembléia e com isso vão ficar condenadas ao esquecimento em mais um Governo. Se perguntar pra eles nem sabem quem tem a pior remuneração do Estado e quem é a categoria que teve menos reajustes desde Anastasia.

Dourado Brasilis

A Saúde teve aumento de R$ 190,00 em parcelas… Teve uma ajuda de custo q se pede q seja incorporada e o Zema falou q n podia por causa da LRF. Depois esse pra Segurança. Mentiu! Essa é a questão… Será q se reelege só c a segurança, tbm?

Luiz Henrique

Dourado, de fato a saude teve um aumento pífio.

Newton Pinguelli

A desinformação é sua…sou da educação e não temos qualquer reajuste há quatro anos mesmo tendo a garantia constitucional do piso nacional…e nosso valor de remuneração é bem menor do que a segurança pública, média de 2.000,00. então defenda o aumento da segurança porém sem atacar outras áreas que merecem e têm o mesmo direito de terem suas remunerações reajustadas…

Bartolomeu

Recomposição deve ser feita para quem ganha mal… não é o caso da PMMG. Sou a favor dum melhor salário para soldados, cabos e detetives… esse encaram o perigo de frente…

Luiz Henrique

Larga de ser cinico Newton. Leia qualquer matéria de jornal publicada no dia 25 de abril de 2016! Mentiroso! Eu sei o salario real porque sou professor e qualquer um pode ver que voce está mentindo. Basta olhar no portal transparência. Outra coisa, larga de pobrice! Não vo ficar discutindo com você quem ganha menos. Quero saber o que o PT nao fez, já que ludibria nossa classe em troca de votos.

Divino Soares

32% no primeiro ano, 11% no segundo e 8% no terceiro ano do pilantrel. E estão há quatro sem aumento? uma pessoa da area de educação, teoricamente saberia fazer uma conta simples dessas.

Garibaldi

Só falou bobagem. A área de segurança foi a mais beneficiada pelos aumentos salariais. Estão querendo quebrar o Estado.

Jeronimo Oliveira

Projeto totalmente irresponsavel de um governador que faz exatamente o que outros anteriores fizeram, para qualquer negativa financeira o motivo dado é que o estado esta quebrado, considerando que não tem pago nem o básico(13º de 30% dos servdiores de 2019 ainda não foi pago), como pode agora assumir uma dívida desta, de NOVO este partido não tem nada, esta se complicando cada vez mais, espero que os deputados ao analisarem o projeto não se esqueçam que este ano é de eleição e que não esqueceremos.

Edson Xavier

O POVO PRECISA SE UNIR E ACBAR COM ESSA MORDOMIAS DE DEPUTADOS VEREADORES E ENFIM TODOS OS POLITICOS , COMEÇANDO PELO ESTA DE MINAS GERAIS, ONDE ELES POLITICOS AUMENTAM O SEUS SALARIOS QUANDO QUIZER.
SALARIOS DE POLITICO, JUIZES DESENBARDORES, E OUTROS QUE TEM ENORMES SALARIOS, SO PODEM SER AUMENTADO DE ACORDO COM A RECEITA LIQUIDA DO ESTADO. SENDO ASSIM, NAO QUEBRA AS FINANÇAS DO GOVERNO E DO ESTADO. PRECISA REDUZIR O MAXIMO O CUSTO OPERACIONAL DO ESTADO.

Ana Marques

Quem é Ricardo Campos??? que texto bosta

oliveira oliveira

O último reajuste dos servidores da segurança foi em 2015. Desde então as outras categorias da educação, saúde, judiciário, receita e outros tiveram recomposição. O texto é tendencioso e justiça seja feita. O reajuste da segurança já foi dados a todas as outras categorias. Eles ficaram por último.

Rafael Magno

Sou AGOV e nos não temos reajuste desde 2012, deveríamos ser os primeiros conforme os critérios apresentados! Esse projeto é para ser usado politicamente e ganhar voto em 2022, não pra fazer justiça somente!

Emerson Leoni

Conversa pra boi dormir… educação tá parado desde 2015…informe-se!

Victor Joao

São todos profissionais excelentes, esforçados, conpetentes, vimos a criminalidade cair, crimes violentos caíram mais de 50% e oa bombeiros fizeram um ótimo trabalho. Ponto.

Mas lá atrás, eles tomaram a decisão livre e voluntária de trabalhar pra um estado falido, que não tá nem pagando em dia e não tem condição de dar aumento. Projeto irresponsável do Governador, que quis dar uma de Bolsonaro mas esquece que o aloprado lá da república tem uma impressora de dinheiro, que ele não tem. Sempre apoiei as reformas, o regime de recuperação e as privatizações. Mas não defendo mais o Zema e desfiliei-me do Novo por causa disso.

Bartolomeu

De profissionais excelentes o Brasil está cheio….Um Coronel da Policia vai ganhar mais de R$50.000,00. O Pais não aguenta isso… O Estado gasta mais de 50% do que arrecada com a PMMG… Sobra o que ? Uma irresponsabilidade dessa não pode ser aprovada.

Bartolomeu

De profissionais excelentes o Brasil está cheio….Um Coronel da Policia vai ganhar mais de R$50.000,00. O Pais não aguenta isso… O Estado gasta mais de 50% do que arrecada com a PMMG… Sobra o que ? Uma irresponsabilidade dessa não pode ser aprovada.

Bartolomeu

De profissionais excelentes o Brasil está cheio….Um Coronel da Policia vai ganhar mais de R$50.000,00. O Pais não aguenta isso… O Estado gasta mais de 50% do que arrecada com a PMMG… Sobra o que ? Uma irresponsabilidade dessa não pode ser aprovada.

Luiz Henrique

Olha o Bartolomeu falando merd@! Kkkkkk! O teto pega o executivo, filho. Pode até não pegwr o judiciário, mas esse salário que ce ta falando aí deve ser no planeta onde vc mora! Kkkkk!

Carlos Alberto

São 6 anos sem REAJUSTE pra área de segurança!

Quem arrisca diariamente a vida em prol de desconhecidos também merecem um reajuste!

Se ganhamos mais do que um professor é em razão da função! Venham lidar diariamente com criminosos pra ver como é fácil…

HIPÓCRITAS!!!

Quem não estiver satisfeito com o REAJUSTE é só ingressar na Polícia… ?

Rafael Magno

Filho mandou péssimo! Primeiro ninguém falou que a Polícia não merece, pelo contrário acho que mereça sim, só que o justo é conceder a todas as categorias.
Segundo “Se ganhamos mais do que um professor é em razão da função! Venham lidar diariamente com criminosos pra ver como é fácil…” ANTES DE FALAR ESSA BABOSEIRA QUE DISSE,LEMBRE-SE QUE SÓ CHEGOU ONDE CHEGOU PQ UM DIA TEVE UM PROFESSOR! Outra Quem ingressou na PM achou que era pra fazer oq? Então essa balela de que é em razão da função é conversa pra boi dormir.
Hipocrisia é um Coronel ganhar mais de 30 mil enquanto o praça mata um leão por dia pra ganhar 10 vezes menos! Veja primeiro as mazelas da sua classe antes de opinar nas demais!

Carlos Alberto

Quando o reajuste foi dado somente as outras classes deixando a segurança de fora ninguém falou nada.

Mais um hipócrita defendendo o indefensável.

Entrei pra Polícia sabendo exatamente o que ia fazer, e mereço ser bem remunerado pra isso, pois quando o professor está tomando cadeirada de aluno, ou sendo ameaçado por traficantes na porta das escolas, quem coloca a vida em risco é o PM em prol desse professor hipócrita que nem reconhece o valor da Polícia na sociedade.

Fernades Ton

O filhão, se a pessoa é policial militar, juiz, delegado, auditor fiscal, etc, deve-se ao seu próprio esforço e dedicação. Professor agora virou pedra fundamental. Retira-se o reconhecimento de quem se dedicou anos e anos pra passar em um concurso e atribui a ele. Reconheço a nobre função. Agora, transferir o mérito da vida profissional é no mínimo prepotência e falta de humildade.

Marcos

E quem não estiver satisfeito com o salário da polícia é só pedir exoneração. A iniciativa privada vai te receber muito bem e com um excelente salário, rsrsrsrsrsr. Hipócrita.

Carlos Alberto

KKKKK Mais um especialista em greve! Se os professores recebessem pelos dias trabalhados aí sim o salário seria ruim, TODO PRIMEIRO SEMESTRE GREVE, SEGUNDO SEMESTRE GREVE, e ainda têm as férias regulamentares.

Quando o aumento foi só pras demais classes com a segurança de fora todo mundo ficou caladinho… entra pra Polícia que sua situação melhora, mas exige higidez física, idade compatível, capacidade de passar no concurso, e mais importante, continuar no curso sob o regime militar.

Frustrado… e quando precisar da Polícia não reclame se for mal atendido, afinal o Policial não merece ter um salário digno.

Frustrado!

Marcos

Hipócrita, se pedir exoneração vai ser mais um desempregado, devido a baixa qualificação.

Carlos Alberto

Bip… alerta de frustrado!

Marcos

Rsrsrs, se atenha a sua insignificância.

Marcos

“Entra para polícia que sua situação melhora”, obrigado pelo Conselho, mas mereço carreira melhor.

Nixon Duarte

E já conseguiu sua carreira melhor?

Marcos

Graças ao meu esforço e competência.

Nixon Duarte

Kkkkkk… Diga-se “apadrinhamento”. Seu frustrado.

Marcos

Concursado de órgão bem melhor que PM.

Nixon Duarte

Em relação ao conceito de melhor ou pior, depende de cada um de nós. Se se interessou somente por questões financeiras, sinto muito, pode ser que não encontre a felicidade ou sentimento de realização aí. Portanto, a carreira que não é atrativa pra você, pode ser um sonho para outro. Quanto ao salário, é direito de cada um lutar por melhorias.
Ademais, paro aqui com uma discussão que não vai a lugar algum, posto que tenho outras prioridades que não essa. Seja feliz com o seu papel junto a sociedade.

Marcos

Ficou ofendido, rsrsrs.

EDSON

Reposição salarial tardia e incompleta. Se tem alguém contestando, não tem qualificação para discutir o assunto, é um infeliz frustrado ou quis e não conseguiu passar no concurso que, diga-se de passagem, não é fácil. E ainda, não sai de casa disposto a trocar tiros com bandidos todos os dias para defender a sociedade.

Castro Castro

Não é reajuste e sim reposição!

Ninguem proibiu outras categorias de reivindicar reposições!

Se organizem e parem com essa lamúria.

Fernades Ton

Duas perguntas pra quem ta com birrinha com essa recomposição inflacionária para a área de segurança:
1- onde vcs estavam quando o Pilantrel concedeu vale alimentação para todas as classes e deixou de fora a segurança?????
2- sobre o aumento de 46% mais o quinquequio da educação, esse exclusivo nos últimos 4 anos, O que vcs tem a dizer?????
SEUS CARAS DE PAU. HIPÓCRITAS!!!

J Apolinário Ferreira Apolinár

Engraçado que ninguém fala dos bandidos TUCANOS que quebraram o Estado, na ânsia de dar vôos mais alto na política. Entre eles o chefão Aécim do Pó.

J Apolinário Ferreira Apolinár

Será porque os tucanos bandidos, que quebraram o Estado de Minas Gerais, para dar saltos mais alto na política, não estão sendo abordados? Entre eles, Eduardo Azeredo e chefão Aécim Never do Pó…………

leo pardense

o estado está em crise, mas o sindicato tem seus artifícios

Pork_BH

O negócio é simples, se a polícia pára temos um caos, se os professores param tudo normal…

Tadeu

Boa noite
Os ilustres Deputados terão que pensar muito bem neste voto a favor de uma só categoria.
Eles podem virar para todos os servidores, deixar o governo vetar e derrubar o veto.
Governo como este é movido por covardia, mas estamos atentos a todos os movimentos, pois se todos não forem beneficiados o falido estado de Minas vai parar, e aí tenha certeza o NOVO com práticas antigas levará o estado ao nível do Rio de Janeiro.
Recomposição salarial a todos, ou tudo vai parar, se as forças de segurança tem expressão as demais categorias tem também.
O Governo é covarde veremos se os Deputados o são também

Dourado Brasilis

Recomposição acima da inflação é aumento, não!?