Bolsonaro!, o país não quer essa foto!…

  • por | publicado: 14/04/2020 - 16:27 | atualizado: 16/04/2020 - 14:09

Corpos empilhados de vítimas da Covid-19 no Hospital Sinai-Grace, em Detroit, nos Estados Unidos. Várias fotos foram compartilhadas por equipes de emergência. Um funcionário teria entregue o material à TV CNN, que divulgou – Imagem: TV CNN/Reprodução das Redes Sociais

O presidente da República, Jair Bolsonaro, em definitivo, não tem agido como chefe da República nas linhas de frente de contenção à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ele deixou isso claro em janeiro, quando resistia em repatriar brasileiros que estavam em Wuhan, o epicentro do vírus na China. Cedeu às pressões de toda ordem emanadas da sociedade.

Bolsonaro, depois, engrossou o grupo de chefes de Estado da Europa e do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que optou, de inicio, pelo pouco caso. Desdenharam os alertas para o caos que desabaria sobre todas as estruturas de saúde no mundo. Pois bem. Itália, Inglaterra, França, Espanha e, agora, os Estados Unidos contam seus mortos aos milhares.
Primeira economia do planeta em consumo de trilhões de dólares em tecnologia, os EUA estão, literalmente, empilhando (foto) os mortos desta pandemia. Na importante Nova York (abaixo), surgem covas coletivas.

Se nos EUA, depois de varrer estruturas da Europa, até então, sólidas, o rastro aberto pela Covid-19 é esse, pode-se, então, imaginar o tamanho da fragilidade do Brasil. Será, pois, um caos descontrolado, se ocorrer aqui, em intervalo de tempo análogo, mesma ordem de milhares de infectados dos EUA.

Portanto, melhor, mesmo, seria Bolsonaro olhar bem para a foto e, com inteligência, passar a presidir soluções e tentativas de salvaguardar para o povo. Além disso, deixar de lado frustrações de governante e, também, abandonar crenças religiosas e ideológicas.

Confrontar o ministro da Saúde, médico Luiz Henrique Mandetta, interessa aos veículos de comunicação sem manchetes inteligentes que o momento requer. Mas, isso não ajuda a salvar vidas.

Bolsonaro, entenda o aviso das fotos

A foto dos mortos empilhados é em Detroit (EUA). E veja que, aqui, nem Detroit temos. Muito menos, uma Nova York. Apesar de toda grandiosidade, a capital financeira do mundo gerou fotos das covas coletivas abertas para vítimas da pandemia.

O Brasil não deseja gráficos de recordes de mortos. A pandemia veio da Ásia, sim. Contudo, o Sr. Jair Messias Bolsonaro deixou, até aqui, de trabalhar (de forma ampla) como presidente da República Federativa do Brasil. Com atitudes racionais, certamente, muitas mortes poderiam ter sido evitadas.

Novamente: Bolsonaro!, o país não quer essa foto!…

(OPNIÃO)

#Detroit #NovaYork #Wuhan #China #EUA #DonaldTrump #Bolsonaro #MinistroMandetta #PandemiaDoNovoCoronavírus #França #Itália #Europa

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments