Biocor: CADE aprova compra do controle pela Rede D’Or

  • por | publicado: 7/06/2021 - 13:28

Rede D'Or assumiu compromisso com a expansão do Biocor - Foto: Biocor/Divulgação

O Biocor Hospital de Doenças Cardiovasculares Ltda, de Nova Lima (MG), avançou mais uma etapa decisiva na negociação com a Rede D’Or. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou “sem restrições” a transferência de 51%. Entretanto, no ato de celebração da compra, em abril, foi fixado um firm value (valor de firma) de R$ 750 milhões, mas deduzida a dívida líquida.

A aprovação da operação, dia 1º deste mês, foi assinada pela superintendente-geral substituta do Cade, Patrícia Alessandra Morita Sakowski. Mas, divulgada somente nesta segunda (07/06). A Rede D’Or São Luiz S/A é representada na negociação pela filial Clínica São Lucas Ltda. Todavia, o comunicado da transação, em 05/04, à B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) foi da holding.

Expansão em leitos

O Biocor é um hospital com 350 leitos e do segmento de “alta complexidade”. Entretanto, antes da negociação com a D’Or, o hospital planejava a construção de uma unidade (uma torre) na bandeira premium Star. No projeto, “BH Star” teria até 200 leitos. Pelo projeto, então, expansão de leitos próxima de 60%. O hospital, fundado em 1985, mantém o nome fantasia Biocor Instituto.

Compromissos com o Biocor

Os novos controladores do hospital estimaram, desde abril, administrar o Biocor com R$ 300 milhões anuais em receitas. A Rede D’Or São Luiz salienta, naquele comunicado do “memorando de entendimento vinculante”, é citada a celebração de Acordo de Acionistas amplo. Os “direitos e obrigações” dos acionistas com “investimentos das partes em outros negócios na região metropolitana de BH”, portanto, constam no acordo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.