Isolamento e fraqueza política expõem autoritarismo de Bolsonaro

  • por | publicado: 20/04/2020 - 20:22 | atualizado: 21/04/2020 - 11:01

Bolsonaro tem crise de tosse após inflar o autoritarismo, foto Gabriela Biló/site Conversa Afiada

O que está planejando o presidente Bolsonaro: um golpe ou só brinca com fogo para intimidar e emparedar as instituições democráticas? As duas situações são perigosas e de consequências desastrosas para a democracia. Intimidações, ameaças e agressões às instituições são tão graves quanto propriamente o golpe de estado.

Em ambos os casos, o que se busca é tutelar e controlar os outros poderes, tirando-lhes a independência e a autonomia para cumprir seus papeis constitucionais. Cada um tem seu papel e tem seus limites constitucionais no sistema de freios e contrapesos para que nenhum deles extrapole nem se sobreponha a outro.

Presidente quer poder absoluto

Para quê Bolsonaro cria esse ambiente de tensão? Para fazer, como disse, no domingo (19), durante ato, “tudo o que precisa ser feito” para colocar o que chama de “Brasil acima de tudo”. Na mesma data, comemorava-se o dia do Exército. No ato, Bolsonaro disse que não vai “negociar nada”. Negociar o quê? Que vai acabar com a patifaria. Quem é e o que é?

“Hora do povo no poder”; de que povo está falando? Os que o apoiam? Os que defendem o AI-5, o instrumento mais cruel da ditadura brasileira, intervenção militar, o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), do Congresso Nacional? Aí, o que ele diz a respeito? “Contem comigo. Farei tudo que puder”.

República tem três poderes

Além de frases de efeito, o que significa “fazer de tudo” e o quem é o Brasil que ele imagina “acima de tudo”? Ele não representa o Brasil, isso é um delírio autoritário de ditadores. Nem mesmo seus seguidores, ou aqueles que estavam lá no ato, representam o povo brasileiro. Ele foi eleito presidente da República, que chefia apenas o Poder Executivo, mas a mesma República tem um Poder Judiciário, constituído conforme as regras constitucionais. Pode-se até mudar as regras, mas elas têm que ser aprovadas e respeitadas democrática e constitucionalmente.

A República tem ainda um Poder Legislativo, igualmente eleito, bem ou mal representado. Mas foi uma escolha democrática das mesmas urnas e dentro dos mesmos princípios constitucionais que elegeram Bolsonaro. Além de desenhar isso, é preciso que todo o mundo civilizado e democrático rejeite isso e faça seus protestos.

O país não pode aceitar um retrocesso democrático e institucional. Muito menos, numa época em que todos, principalmente, o presidente da República, deveriam combater a ameaça maior à vida que é a pandemia do coronavírus.

Incapacidade com divergências

A situação vai se agravando por conta da incapacidade política do presidente em governar numa democracia, que implica vitórias, derrotas, críticas, debates e divergências. Nada disso ele está disposto a ouvir ou a aceitar.

Desde a demissão de Henrique Mandetta e posse de Nelson Teich, no Ministério da Saúde, a gravidade ficou mais explicitada. Esse episódio tem por trás de si o negacionismo e a forma de conduzir o combate à pandemia, culminado no isolamento do presidente. Juntos, isolamento e a fraqueza política o levam a endurecer o discurso. Além da ameaça do vírus, que já levou à morte, em números oficiais, cerca de 2.500 brasileiros, teremos que lidar com o vírus do autoritarismo. Dias piores nos esperam.

Após demitir o ministro que pedia o isolamento social, distanciamento e sem aglomerações, ele participou pelo segundo dia seguido de manifestações em Brasília. Provocou aglomerações em meio à pandemia do coronavírus. A aglomeração aconteceu diante do quartel-general do Exército, deixando generais constrangidos.

Não foi à toa que, ao final do ato, Bolsonaro teve uma crise de tosse e, no dia seguinte, nesta segunda (20), teve que tentar corrigir o malfeito. Fez declarações a favor do STF e do Congresso Nacional.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Emerson Sousa

Mais um isentao! ????

Ricardo Valle Boechat Braga

Achou ruim, vai pra Cuba, Venezuela, Argentina ou Coreia do Norte, o Brasil mudou, se você gosta de político corrupto aqui não é seu lugar.

Marcelo Cal

Tirando a Argentina, são todos países com regimes ditatoriais autocraticos que dizem “governar para o povo”….e aí, não conhece esse história?

Ricardo Valle Boechat Braga

O seu imbecil, desde quando a Argentina não é um regime socialista ditatorial? Mora aonde seu jumento.

Marcelo Cal

Fala aí bolsominiom, conversar com tipos igual a vc eh perda de tempo … Pra vcs , eh tudo comunismo, todos contra o mito Salvador kkkkkkkkkkkk alucinações da turma bolsominions

LUCIANO LOPES

2022 tem mais até 2027, aceita que dói menos.

Vicente

Putz, quem disse que não há corrupção no Bolsonarismo?? O Flávio ou o Queiroz??

LUCIANO LOPES

O lulinha ou o deputado estadual André Ceciliano do pt , (que rima com miliciano) e atual presidente da ALERJ com rachadinha de 49,3 milhões em 2015 aliás esse é o campeão.

Adson Rosario

??

edson nelson

AI 5 até afastar os corruptos sim, com o psicopata do Bolsonaro não.

Francisco Campos

Isolado??? Quem fez essa matéria, ou é idiota ou não vê as redes sociais! O Cara bate recordes de apoio todos os dias e esse reporter imbecil escreve que Bolsonaro está isolado. Está sim, se livrando da mídia vendida e de corruptos como o Presidente da Câmara dos Deputados e pessoas nefastas como o Gilmar Mendes e midia safada como Rede Globo, Uol, Folha de São Paulo e vocês.

Marcelo Cal

Os militontos do luladrao diziam que a mídia eh golpista, agora os bolsominions dizem que a mídia eh vendida, comunista…eh estratégia da militância?

Marcelo Cal

Vcs tem no máximo 30% (no máximo) de apoio….não viaja na maionese, o povo apartidário não coaduna com essas babaquices autoritárias….

LUCIANO LOPES

então vc é da turma que se dizem dos 70 por cento kkkkkk faz-me rir.

Rodnei Vieira

Militante de rede social? Deve ser um revoltadinho seguidor do Carlixo. Em que ponto chegamos de tamanha ignorância.

WELLINGTON

Francisco, além de idiota, tomo a liberdade de dizer alienado, sonso, ideólogo, mimizento e mal intencionado

Cassius Magno Soares

O jornalista em questão foi homenageado com o título de cidadão honorário proposto por políticos do PT.. precisa falar mais alguma coisa?

LUCIANO LOPES

deixa quieto, o comentário do camarada é todo com viés esquerdista, será que perdeu alguma mamata. kkkkkkk