Salário de juízes, deputados e promotores de Minas, tudo indica, vai começar a atrasar

Governador Romeu Zema deve começar a atrasar repasse de recurso para demais Poderes, por conta da crise financeira de Minas. Foto - Agência Minas

Zema tem caneta dos bilhões que a Justiça mandou a mineradora Vale entregar - Foto:- Agência Minas

O governo de Minas anuncia para esta semana uma reunião com os Poderes Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público, para discutir a grave crise financeira do Estado. O resumo da conversa já se sabe: o Executivo vai começar a atrasar os repasses mensais de recursos para esses Poderes, os chamados duodécimos.

O cenário é de forte tensão. Desde que assumiu, o governador Romeu Zema reclama que Legislativo e Judiciário não contribuem para o Estado superar o seu quadro de falência. Ao contrário dos funcionários do Executivo, que estão recebendo seus vencimentos em até três parcelas, nos demais Poderes, onde a média salarial dos servidores é bem maior, os pagamentos estão rigorosamente em dia.

Já sabendo da possibilidade do atraso, a Assembleia decidiu, na semana passada, colocar uma corda no pescoço do governador. Aprovou projeto que estabelece que o chefe do Executivo comete crime de responsabilidade se atrasar os repasses aos demais Poderes. Uma seja, uma ameaça clara de impeachment para Zema.

Mas ora, o que fará o governador, uma vez que a solução para a grave crise fiscal do Estado só virá no longo prazo? Vai emitir dinheiro? Não pode. Então, o repasse dos recursos mensais que o caixa do Estado tem a obrigação constitucional de repassar aos outros Poderes vai atrasar. A consequência, inevitavelmente, será o atraso no pagamento de juízes, deputados, promotores, defensores públicos, conselheiros do Tribunal de Contas e demais servidores.

Funcionários públicos de primeira linha

Relacionadas

“Não vamos ter dinheiro para pagar nada”, diz Zema, o que inclui salário de servidor

O que está por trás da boa vontade do governador Zema para com Bolsonaro

Evidente que os servidores mais privilegiados (deputados, juízes, promotores etc) vão chiar. E a ameaça de impeachment, com a aprovação da lei na Assembleia com o voto de 71 deputados, será colocada na mesa.

Mas a Assembléia terá condições políticas de propor o impeachment do governador, num quadro grave de pandemia do coronavírus, porque a penúria dos cofres públicos vai obrigar o Executivo a deixar de repassar integralmente a sua cota mensal, assim como a dos demais Poderes? Dificilmente.

Zema, na semana passada, já havia mandado um recado aos chefes dos demais Poderes. “Se é funcionário público, na minha opinião, todos têm os seus direitos assegurados. Não podemos ter funcionários públicos de primeira, segunda ou terceira categoria.” De primeira, entenda-se, deputados, juízes, promotores e todos os servidores que, até então, não foram afetados pela pindaíba do governo mineiro.

Resumo da ópera. O que o governador está dizendo para Assembleia e Judiciário é algo do tipo: devo, não nego, pago quando puder. Há, evidentemente, sempre possibilidade de negociações, para tentar minimizar os efeitos do estrago, o que será feito na reunião desta semana anunciada pelo governo.

Agora, entretanto, uma parte da fatura terá que ser paga pelo Legislativo e pelo Judiciário.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
19 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Patricia Fonseca

E o salário dos servidores da educação?

Francisco Mesquita

Enquanto isso os Policiais Militares e Bombeiros não só já receberam os salários de abril integralmente , como tiveram ‘reajuste ‘ nos mesmos , defendidos ardorosamente pelo governador. Ele alega que os mesmos estavam há 5 (cinco) anos sem reajuste, enquanto outras categorias com por exemplo a infraestrutura, estão há mais de 10 anos, desde o final do mandato de Aécio Neves. Esses não são funcionários púbilcos?

PjoaoR

Tá fácil? vai pra PM. os privilégios são tantos que vc vai gostar. O cidadão vem reclamar, o que vc está fazendo pelo estado nessa pandemia? Trabalhando em casa? Me ajuda aí.

Patricia Fonseca

Sim, faço parte do quadro da educação e estou trabalhando! Só para constar, estou trabalhando em casa por ser do grupo de risco. Se quiser ficar no meu lugar e ficar sem o recebimento do seu salário para pagar as suas contas e comprar os remédios que precisa, esteja à vontade!

cleiton

uai! Vcs da educação que elegeram o Pimentel porque estão reclamando agora. Espera a eleição para votarem de novo no PT.
Ate o dia de vcs terem que buscar cesta básica nas escolas.
Só querem receber algo do Estado, parem de chorar e comecem a mostrar serviço e mudanças no cenário da educação pública para depois reivindicarem algo.

MARCUS VINICIUS GONCALVES

FALTA DE RESPEITO COM OS PROFESSORES CARA! QUE VERGONHA.

MARCUS VINICIUS GONCALVES

FALTA DE RESPEITO COM OS PROFESSORES CARA! QUE VERGONHA.

Aiai Oioi

pessoal das escolas estaduais nem dao aula direito!
ficam na lei do ‘Vampeta’…’finge que da aula, e o governo finge que paga’…bem razoavel!

Patricia Fonseca

Só se for você ou os seus parentes. Fui criada para ser ética e cumprir com as minhas obrigações! E, a propósito, vá estudar para escrever direito.

Rooster_2020

A crise deveria ser pra todos. Tem funcionários do executivo que ainda nem receberam o décimo terceiro e os carniceiros estão gritando porque ao invés de receber 30.000,00 pode receber “só” 20, ou ter esse valor fracionado como a ralé do executivo. Não é atoa que um montão aí é apaixonado pela cidade e pelo Estado e lutam pra ser vereador e deputado, é muita paixão.

Nilson

Já passou da hora, né?! Esse pessoal vive no olimpo, como deuses. Nada do mundo dos mortais os atingem.

Nilson Marques

Faça isso Governador, deixa de pagar esses canalhas, que só faz as coisas para o bem deles, jamais trabalha para o bem do povo.

Marco Antonio Meyer

Tem kuiz recebendo em dia.Alguns recebendo mais de 100 mil reais.Como é que pode?
Na frente da Assemleia tem o Palácio Tiradentes,alugado.
Devolva ou transforme em Hospital..

Honneur Monção

Mas você votou em um deles…

Marcos

O jeca Zema não tem a menor noção de onde entrou.

Ogivalmartins De Resende Resen

Se ele atrasar os robustos salários dessa raça, vai virar o maior papa-voto da história.

Mineiro sabe das coisas

Este atraso nunca vai acontecer, no
Brasil que faz uma reforma da previdência para resolver justamente a forma de continuar pagando os privilégios de uns poucos, Pense nisto a reforma não foi para resolver o déficit mas sim para ter recursos para continuar pagando, o presidente que recebe desde os 33 anos de idade.

Honneur Monção

Que palhaçada é essa? Daqui a pouco os deputadinhos definirão o que é pecado e o que não é… Crime de responsabilidade já está catalogado e não é um Zé Mané qualquer quem define o que é e o que não é crime…

Honneur Monção

O risco é para os funcionários… O valor das rachadinhas vai aumentar…