Após reunião com Bolsonaro, Zema anuncia recuo em ações contra pandemia

Zema teve agenda intensa em Brasília, na última quinta, foto Pedro Gontijo/Imprensa/MG

Na próxima semana, o governador Romeu Zema (Novo) irá apresentar protocolo para os prefeitos que queiram a liberação de medidas de isolamento social. Elas foram adotadas durante o início da pandemia do novo coronavírus. Onde e quando ele fez esse anúncio? Em Brasília e após encontro com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes. Foi mais um alinhamento de Zema a Bolsonaro a quem foi pedir ajuda financeira.

Tentou também vender para o presidente os créditos do nióbio pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig). Antes, tentou negociá-lo na bolsa de valores, mas os investimentos foram paralisados com a pandemia do coronavírus. Com a venda do nióbio, o governador pretendia pagar o 13º salário ainda atrasado. Seriam R$ 5 bilhões. Zema admitiu, há 30 dias, que a operação poderá render menos em razão da crise mundial provocada pelo coronavírus.

Risco é muito grande ainda

Ainda que o governador diga que adotará os devidos cuidados, com uso de máscaras, uso de vários equipamentos, limite de pessoas por metro quadrado, o recuo é muito arriscado. Hoje, cerca de 150 municípios mineiros já fizeram algum tipo de liberação por decisão dos prefeitos. O Estado tem, de acordo com a última atualização do Ministério da Saúde, no dia 8, mais de 600 casos confirmados e 17 mortes pela doença e investiga outras 100.

Zema é o único governador do Sudeste que ainda está alinhado a Bolsonaro, que é contra o isolamento social e fechamento do comércio como medida de combate ao Covid-19. Ele foi um dos três governadores que não assinaram, no fim de março, uma carta pedindo apoio ao presidente e reafirmando as medidas adotadas.

Presidente pressiona, mas STF libera

Na noite de quarta (8), em pronunciamento, Bolsonaro responsabilizou governadores e prefeitos pelas medidas que restringem a circulação de pessoas no combate à pandemia.

Já o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), assegurou a autonomia dos governos estaduais, distrital e municipal na adoção das medidas. Iniciativas que vão desde a imposição de distanciamento social, suspensão de atividades de ensino a restrições de comércio, entre outras.

Para o ministro, as autoridades devem atuar sempre com o absoluto respeito aos mecanismos constitucionais de equilíbrio institucional. E mais, em favor da manutenção da harmonia e independência entre os poderes, “evitando-se o exacerbamento de quaisquer personalismos prejudiciais à condução das políticas públicas”. Como lá em Brasília, por aqui o Governo de Minas e a Prefeitura de Belo Horizonte não se entendem e vivem se bicando.

Em Minas, 700 municípios na calamidade

Em Minas, mais de 700 municípios adotaram medidas contra a contaminação e decretaram estado de calamidade. No Brasil todo, são cerca de 2 mil, de acordo com pesquisa feita pela Confederação Nacional de municípios (CNM). Mas há municípios mineiros que estão pensando em mudar a partir de segunda (13).

E a Associação Mineira dos Municípios (AMM) articulou ação judicial para garantir aos municípios o investimento em comunicação institucional educativa na pandemia. O entrave é que 2020 é ano eleitoral. A iniciativa foi do presidente da entidade, vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e prefeito de Moema, Julvan Lacerda.

Segundo ele, para que o combate ao coronavírus seja efetivo, os prefeitos precisam promover campanhas educativas de conscientização via meios de comunicação. Ou até mesmo por meio de carros de som na rua, alertando a população sobre as medidas de prevenção à COVID-19, entre outros alertas.

Câmara estuda ajuda a estados, única saída para governo de Minas sair do buraco

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gilney

Que bom que Zema não tenha caído no efeito manada. Tomou uma atitude de independência, apesar de mais próxima do governo federal. É uma política menos radical, mais inteligente e mais fácil de ser moldada e negociada de acordo com a situação da pandemia.

Ton Pita

Até que enfim alguém lúcido no meio da massa. Quarentena total não é solução, há medidas mais inteligentes que podem ser adotadas.

Velp26

É mesmo? Quais?

Delp Cron

A verdade é que dá igual comportamento de manada ou nao. O unico pais ocidental que tomou medidas ANTES da crise foi Alemanha, que tem taxa de mortalidade no minimo aceitavel. TODOS governos foram incompetentes e as medidades de isolamento, sim, sao boas, mas nao as melhores. Esquerda ou direita é irrelevante, a incompetencia é global! Comecando pela OMS.

Rafael

Que jornaleco de quinta. Sai fora esquerdopatas.

Soucampeaodetudo

Rafael, a arma dos fracassados é sempre chamar todos que discordam do Bolsolixo de esquerda ou PT. Saiba que a sua visão limitada não te deixa ver nada a não ser o Bolsolixo, Esse não irá realizar nada pois em 29 anos mamando no estado nada realizou, e o PT que acabou e não volta mais graças a Deus. Tente ampliar a sua visão meu amigo!

Rafael

O problema do brasileiro está em pessoas como vc. Só reclamam do governo. Tudo está ruim. Na França está faltando propofol, na Espanha falta cloroquina e nesses países não vemos a manada metendo o pau no governo. Imprensa aqui é comprada pq não é mais financiada pelo Estado. Mas pessoas como vc, que se acham intelectuais, criticam por criticar pq está na moda ser do contra, torcer pelo errado. Não te culpo. A limitação política, intelectual, dentre outras, só será curada com muita educação. Serão décadas até lá. Quem sabe seu filho consiga entender meu recado. Amplie sua visão meu caro!

Rafael

Ah. E seu nome já diz tudo sobre sua frustração com a vida. Seu campeão!!!

Soucampeaodetudo

A minha filha, seguindo os meus passos, com 29 anos, ja tem formação superior a sua, doutorado. Além disso, posição correta com relação à espiritualidade e pensamento sistêmico. Coisas que com certeza, você não sabe do que estou falando.
Você está roubando a minha fala. Você é massa de manobra. Qualquer coisa que um asno como o Bolsolixo fala, você cegamente acredita por falta de conhecimento.

Siga o seu caminho…

Rafael

Verdade. Pra vc ver o nível dos nossos doutores. NOSSO SUPER CAMPEÃO DE TUDO!! Principalmente das asneiras do mundo digital!!!

Delp Cron

As medidas de contencao sao eficientes, mas sao percentualmente baixas em relacao ao que se poderia ter feito ANTES da crise.
Comecou o erro pela OMS que minimizou a pandemia.
Depois os paises que nao souberam lidar como antes, mas como toda humanidade, so comecaram a agir depois que tudo esta indo ao vaso sanitario.
As medidas de isolamento social sao recomendaveis e importantes, mas nao diminuem a INCOMPETENCIA GLOBAL ao agir diante da crise.
Se poderia manter a economia dos paises se a inercia e incompetencia dos politicos nao fosse tanta, e que medidas ANTES fossem tomadas.

Soucampeaodetudo

Bolsoverme é capacho do Trump
p e o Zema zero à esquerda é capacho do Bolsoverme. Presidente e governador não sabem o que estão fazendo no cargo. Um tem QI baixo e não tem cultura nenhuma e chegou a presidente devido ao povo QI baixo tbm e o outro até hj não sabe por que concorreu ao governo, não tem QI baixo mas emburreceu devido ao presidente tonto em quem se espelha.